Parcerias entre entidades e empresas beneficiam alunos no Uniaraxá

Parcerias entre entidades e empresas beneficiam alunos no Uniaraxá

O projeto Bolsas de Estudo Rotary, uma parceria entre o Rotary Club Araxá, o Uniaraxá e a Fundação Cultural de Araxá (mantenedora do Uniaraxá), foi tema da reunião semanal promovida pela comunidade rotária na última semana. O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, apresentou os resultados do projeto para os presentes e fez o convite para que novas adesões sejam feitas e mais alunos sejam beneficiados.

Atualmente, 11 alunos são beneficiados com as bolsas. Empresários e pessoas físicas, arcam com 45% do valor do curso, a FCA dá um desconto de 35% ao aluno que arca com 20% do valor da mensalidade. Para o professor Válter, a contrapartida do aluno é extremamente importante, “reflete o seu esforço para se formar no Ensino Superior. Muitas vezes, o que as pessoas ganham, não tem o mesmo valor de quando elas conseguem através do suor do próprio trabalho”. Segundo ele, a intenção é que o projeto possa crescer ainda mais em 2015 e chegar a mais pessoas de baixa renda, que não conseguiriam se formar se não fosse o importante auxílio do projeto.

Durante a apresentação aos rotarianos, Válter também teve a oportunidade de apresentar outro projeto semelhante, que foi elaborado seguindo as mesmas características do Projeto Bolsas de Estudos Rotary, mas que é custeado pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

De acordo com o diretor Administrativo da CBMM, Antônio Gilberto Ribeiro de Castro, após o professor Válter apresentar o projeto aos diretores, a empresa avaliou positivamente a iniciativa e decidiu apoiar a ideia. “Achamos, naquele momento, que era um programa excelente para dar oportunidade para pessoas que jamais as teriam, se não houvesse o programa”, afirma. Segundo ele, a empresa decidiu ampliar o programa do Uniaraxá e concedeu 10 bolsas para 10 alunos carentes. “Devidamente selecionados pelo próprio Uniaraxá dentro do programa de seleção já em andamento”, destaca.

Os alunos apoiados pela CBMM foram definidos através de processo seletivo realizado pelo Uniaraxá e são alunos de escolas públicas da cidade. Por sua vez, os alunos apoiados pelo projeto do Rotary Club Araxá são da Escola Estadual Rotary.

Notícias relacionadas