Patran chega para intensificar a fiscalização no trânsito em Araxá

Patran chega para intensificar a fiscalização no trânsito em Araxá

Foi criada hoje (13) em Araxá e já está desempenhando operações a Patrulha de Trânsito (Patran), que será responsável por três blitze por dia, em diversos pontos na cidade. A Patran conta com seis policiais que recebem treinamento periódico sobre as leis do trânsito e as novas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Devido à chegada de novos militares, o 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) também reforçou o policiamento no Terminal Rodoviário e no Posto de Observação e Vigilância (POV), situado em frente à Escola Vasco Santos.

De acordo com capitão Lemos, a Patran vai assumir de vez o serviço de trânsito na cidade. “Qualquer ocorrência de trânsito que ocorria na cidade era atendida por viaturas de setor. Agora a patrulha será responsável por interdição de ruas, policiamento em portas de escola e ocorrências de trânsito em geral”, explica.

Dados da Polícia Militar (PM) apontam que três acidentes de trânsito são registrados por dia e cerca de 50 multas são aplicadas em Araxá. “A Patran vai trabalhar de maneira preventiva e educativa, com a realização de operações, mas, infelizmente, muitos motoristas não respeitam as leis”, diz. Blitze repressivas também fazem parte do trabalho da Patran. Elas ocorrem principalmente em locais de grande movimento de veículos, onde a PM constata mais infrações.

Lemos explica que o objetivo da PM é coibir com mais rigor as infrações por falta de uso do cinto de segurança, estacionamento de veículo em local proibido, o ato de dirigir falando ao celular e o não respeito à faixa de pedestre e ao sinal vermelho.

Bike Patrulha e Patrulha Rural

O 37º BPM já dispõe de policiais para dobrar a Bike Patrulha, que agora depende de parceria para a aquisição de quatro bicicletas e equipamentos de segurança. “O serviço da Bike Patrulha é preventivo, que visa dar segurança à comunidade. Escalamos os policias à tarde nas avenidas em que a população faz caminhada. Além disso, os militares chegam mais rápido em qualquer ocorrência no Centro com o uso das bicicletas”, afirma Lemos.

O próximo ganho que Araxá pode ter é de uma Patrulha Rural, que está nas pretensões de Lemos, mas, por enquanto, não tem previsão para ser implantada.

Notícias relacionadas