PM apreende menores que assaltaram supermercado no Bela Vista

PM apreende menores que assaltaram supermercado no Bela Vista

A Polícia Militar (PM) apreendeu três menores envolvidos em roubo a um supermercado localizado na rua José Nabor Jordão, no bairro Bela Vista, na noite desta segunda-feira (22).

De acordo com o funcionário do local, dois menores chegaram escondendo o rosto com camisetas e um deles, de posse de uma arma de fogo, anunciou o assalto pedindo para que os dois funcionários que ali estavam ficassem deitados no chão.

Os autores levaram dois litros de bebidas, chocolates, um pote de sorvete, várias moedas e aproximadamente R$ 1 mil em dinheiro, fugindo em seguida, tomando rumo ignorado.

Segundo a vítima do roubo, um dos autores estava com a cueca à mostra e ele notou a descrição “Black Jack”, e o outro tinha cabelo claro. De posse dessas características, os policiais efetuaram rastreamentos e abordou um jovem em atitude suspeita no bairro Santa Rita II.

M.F.O., 17 anos, não estava com nada de ilícito, porém, estava com o cabelo bagunçado, característica de que possivelmente tenha colocado camiseta na cabeça. Diante da suspeita, os policiais verificaram a bermuda do jovem, sendo constatado que sua cueca estava com a descrição “Black Jack”.

Ele foi conduzido ao supermercado e a vítima relatou com firmeza de que se tratava de um dos autores do assalto. O menor de 17 anos confessou o ato e delatou seus companheiros. Segundo ele, seu comparsa G.G., 16, entrou no estabelecimento com ele, e J.J., 16, ficou do lado de fora esperando para fugir com o dinheiro e os produtos do roubo.

Estes dois jovens de 16 anos também foram localizados e apreendidos. Ainda segundo M.F.O., após o roubo eles se deslocaram por um matagal que fica nas proximidades do bairro, se separou dos outros dois e escondeu parte dos produtos subtraídos.

No local foram encontradas as roupas usadas por ele no assalto, duas garrafas de bebidas, as moedas e duas munições calibre 22 intactas alojadas dentro do bolso de uma das calças.

O autor indicou também uma construção abandonada, onde se reuniam para planejar delitos, e lá foram encontradas mais nove munições de calibre 22 intactas.

A arma utilizada no roubo não foi localizada. Diante dos fatos, foi dada voz de apreensão aos envolvidos, sendo todos encaminhados à delegacia, juntamente com os produtos do roubo.

Notícias relacionadas