PM prende acusado de ameaçar funcionárias de posto de gasolina

Nesta segunda-feira (28), por volta das 15h, a Polícia Militar compareceu em um posto de gasolina na avenida Hitalo Ros, onde a solicitante E.P., 22 anos, caixa do estabelecimento, relatou que o autor W.J.S., 32, deixou sua moto para ser abastecida e começou a gritar com a frentista E.M.S., 24, por ter deixado cair uma gota de gasolina na pintura do tanque.

Ela se prontificou a limpar o tanque, porém, o homem não ficou satisfeito e disse que queria uma pintura nova. Em seguida, ele foi falar com a caixa de 22 anos, que disse que iria chamar o gerente, porém, o autor não se acalmou e disse que se ela não resolvesse o problema iria pegá-la quando ela fosse embora do trabalho.

Diante das ameaças, a PM foi acionada e o autor relatado que ao chegar no posto verificou que sua moto, que havia deixado para abastecer, não estava funcionando e que por isso não iria arcar com o prejuízo. Ele também negou as ameaças às funcionárias do posto, porém, várias testemunhas confirmaram as ameaças proferidas por ele, confirmando o relato da caixa e da frentista.

Diante do fato, o autor foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Notícias relacionadas