Polícia Civil de Araxá apresenta oito acusados de assaltos a ônibus

Polícia Civil de Araxá apresenta oito acusados de assaltos a ônibus

Da Redação/Jorge Mourão – A 43ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Araxá apresentou nesta manhã (1°) oito acusados de cometerem assaltos a ônibus interestaduais nas rodovias que cortam o Alto Paranaíba e o Triângulo Mineiro. A Operação Marco Polo 2 foi realizada em Uberlândia nesta segunda-feira (30), sob coordenação da delegada de Furtos e Roubos de Araxá, Mariana Pontes Andrade, envolvendo cerca de 70 pessoas dentre agentes, investigadores, inspetores e delegados da PC de Araxá e Uberlândia.

Além do cumprimento de dez mandados de prisão, foram apreendidos três armas de fogo, dois carros, uma moto e diversos objetos pessoais dos passageiros assaltados.

Dentre os suspeitos apresentados estão seis são homens – Walteir Martins da Silva (Teitei), Waldemir Cassimiro da Silva, Márcio Messias de Freitas (Branquinho), Olímpio Flávio Martins da Silva (Zoclim), Thiago André Moreira do Carmo e José Eraldo da Silva (Haroldo) – uma mulher – Tatiana Izaias Silva – e um menor de 16 anos – M.A.S.S..

Os detidos são suspeitos, dentre outros assaltos, de terem abordado três ônibus na região de Perdizes, na madrugada do último domingo (28). Outra parte da quadrilha foi presa há 40 dias acusada de 70 assaltos.

A delegada afirma que ainda há possibilidade de ter membros da quadrilha atuando no Estado de Goiás, mas ela acredita que os assaltos devem diminuir consideravelmente nas duas regiões mineiras.

Os presos vão responder por assalto à mão armada e formação de quadrilha, com pena prevista de 8 a 20 anos de prisão, e o menor fica apreendido no Centro de Reeducação do Adolescente (Cerad).

Galeria

Notícias relacionadas