Polícia Civil realiza trabalhos internos das operações Oxigênio e Limpeza

Polícia Civil realiza trabalhos internos das operações Oxigênio e Limpeza

Esta segunda-feira (24) está bem diferente na Delegacia Regional de Araxá. Desde o início das investigações sobre casos de corrupção na cidade, a sede da Polícia Civil teve uma rotina de prisões, cumprimento de mandados de busca e apreensão e interrogatórios. Os trabalhos para apurar o desvio de dinheiro da Santa Casa de Araxá pela operação Oxigênio e da compra de apoio político na Câmara Municipal seguem no dia de hoje com procedimentos internos.

 De acordo com o delegado regional, Cézar Felipe Colombari, o inquérito do caso Santa Casa está próximo de ser concluído. Agora as equipes de investigações canalizam os esforços na Operação Limpeza. Na última semana, os vereadores Sargento Amilton, Juninho da Farmácia, Eustáquio Pereira e José Domingos foram presos temporariamente. Segundo a Polícia Civil, Amilton e Eustáquio confessaram a pratica da corrupção passiva num esquema de compra e venda de apoio político para a eleição e reeleição do vereador Miguel Júnior, na presidência da câmara municipal de Araxá.

Já Juninho da Farmácia José Domingos negaram envolvimento, foram soltos e se encontram em investigação assim como os outros vereadores.

Nesta semana, está prevista uma acareação entre Miguel Junior, José Domingos e Juninho da Farmácia.

A Polícia Civil já tem os nomes de mais dois vereadores que teriam participação no esquema e foram citados por Miguel Júnior. Novas prisões não são descartadas para esta semana. 

Notícias relacionadas