Super banner
Super banner

Polícia Militar procura autor de furto a som automotivo

Polícia Militar procura autor de furto a som automotivo

ocorrências

No dia 23 de janeiro de 2014, por volta de 08 horas, a Polícia Militar compareceu a Rua Pernambuco, bairro São Geraldo, onde segundo uma mulher de 47 anos, seu filho deixou seu veiculo, um Fiat Tipo, estacionado na via pública devido a reformas que estão sendo feitas na sua casa, e durante a noite, pessoa desconhecida quebrou o vidro da porta traseira esquerda e abriu o veículo, subtraindo a frente de um aparelho de som automotivo, um crossover, duas potencias, um capacitor de som e uma caixa de alto falantes tipo cornetas com quatro unidades sem maiores dados. A solicitante disse não ter ouvido nenhum tipo de barulho durante a noite, bem como não tem suspeita de quem possa ter cometido o delito. Diante o exposto, os policiais realizaram rastreamentos no intuito de localizar materiais e autores, porem, nenhum suspeito foi localizado.

POLÍCIA MILITAR PROCURA AUTORES DE FURTO EM CANTEIRO DE OBRAS DE EMPRESA DE TELEFONIA

No dia 23 de janeiro de 2014, por volta de 11 horas, a Polícia Militar compareceu a Rua Wellington Lemos, bairro Pão de Açúcar, onde está sendo realizada uma obra de responsabilidade de uma empresa de telefonia. No local o encarregado de obras M.M, 53 anos contou aos policiais que durante a noite pessoa desconhecida adentrou no terreno e furtou quarenta metros de consertina, uma espécie de arame farpado, além de um rolo de arame galvenizado. O funcionário da obra senhor M.A, 35 anos, disse que no dia anterior havia esquecido sua carteira no local, sendo ela também levada pelos autores. Na carteira havia somente seus documentos pessoais. Os policiais realizaram rastreamentos, porém nenhum suspeito foi localizado.

POLÍCIA MILITAR PRENDE AUTOR DE BRIGA PRÓXIMO AO TERMINAL RODOVIÁRIO

 No dia 23 de janeiro de 2014, por volta de 18 horas, a Polícia Militar realizava policiamento no Terminal Rodoviário, momento em que os policiais visualizaram dois indivíduos brigando. O autor J.P, 19 anos após agredir T.S, 19 anos, fugiu entrando em um ônibus coletivo que estava próximo do local. Os policiais conseguiram abordar o autor dentro do coletivo tendo testemunhas contado que antes da briga J.P havia entrado pela porta da frente e o outro autor entrou no ônibus pela porta de trás com um pedaço de madeira nas mãos e passou a agredir o outro. Após alguns minutos os dois saíram do ônibus e continuaram brigando. O autor J.P, contou aos policiais que vem sendo ameaçado de morte constantemente pelo outro. Já T.S, disse que adentrou no ônibus com a intenção de matar o desafeto, uma vez que o mesmo foi o pivô de sua separação com sua esposa. O autor T.S foi conduzido ao PAM pelo resgate dos bombeiros militares, ele teve cortes no nariz, supercilio esquerdo e na língua, além de hematomas em ambos os olhos e lábio superior e quebra de um dos dentes. O autor J.P, teve contusão em região pariental, escoriações no pé e mão direita e no quadril e ombro esquerdo. Ambos foram atendidos no PAM, onde J.P foi liberado e T.S ficou sob observação medica com suspeita de fratura no nariz. Diante do ocorrido, o autor J.P foi preso e conduzido a delegacia.

POLÍCIA MILITAR PRENDE AUTOR QUE COMPROU CARNE QUE FOI FURTADA DE SUPERMERCADO

No dia 23 de janeiro de 2014, por volta de 21 horas, a Polícia Militar foi solicitada a comparecer a um supermercado na Avenida João Paulo II, Centro, onde segundo informações, um indivíduo havia furtado duas peças de picanha. No caminho para o supermercado, os policiais foram informados de que o autor havia vendido as carnes para um indivíduo em um moto taxi. No moto taxi os policiais depararam com o autor E.G, 32 anos, com as carnes furtadas e ao ser perguntado onde conseguiu o produto, assumiu ter comprado de um homem que passava oferecendo para quem quisesse. Disse ainda que não o conhecia e que comprou pela quantia de R$ 60,00, pelo que lhe foi dado voz de prisão pelo crime de receptação. Posteriormente os policiais foram até o supermercado e reconheceram o autor pelo sistema de filmagens como sendo E.J, 40 anos, sendo realizados rastreamentos no intuito de localizá-lo, porém ele não foi encontrado. Um funcionário do supermercado disse que as peças de picanha valem aproximadamente R$ 140,00, e pesam cerca de 6 kg. Diante dos fatos o autor de 32 anos foi preso por receptação e os policiais seguem no rastreamento no intuito de localizar o autor de 40 anos.

Notícias relacionadas