Prefeitura pretende ampliar o Bolsa Emprego

Prefeitura pretende ampliar o Bolsa Emprego

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias pretende ampliar o número de empresas parceiras e adolescentes beneficiados com o Programa Bolsa Emprego. Na manhã de hoje (3), o prefeito Jeová Moreira da Costa e a secretária Alda Sandra Barbosa Marques se reuniram com empresários na sala de reuniões do Gabinete, durante o Café com o Prefeito.

“O nosso intuito é explicar aos empresários como eles podem participar do Programa Bolsa Empreso e como contar com esses adolescentes em suas empresas”, destaca Alda Sandra. Segundo ela, atualmente são 26 adolescentes trabalhando e dois grupos com 36 jovens cada serão qualificados.

Para Jeová, a sociedade precisa criar oportunidades para os adolescentes. “Naturalmente, os jovens têm muita energia, vontade e o desejo de realizar seus sonhos em cima do conhecimento. Eles vão conviver com outras pessoas dentro da disciplina, da organização, onde ele começa a ter hábitos e comportamentos de obediência e tarefa”, destaca.

De acordo com Alda Sandra, a oportunidade de emprego é fundamental para a qualificação desses jovens. “A empresa dando a oportunidade para os adolescentes, está preparando eles para o mercado de trabalho. O treinamento é feito por uma equipe da nossa secretaria de forma bem minuciosa, onde eles já saem com uma boa teoria e por isso pedimos que o empresário dê essa oportunidade a eles”, destaca a secretária.

Processo

Alda Sandra explica que qualquer empresário pode participar, basta que ele se inscreva na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Turismo e Parcerias, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) ou na Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá (Acia). Após a inscrição, os empresários são convidados para uma reunião de entrevista com os jovens já preparados para o mercado de trabalho.

Benefícios aos jovens

De acordo com a secretária, os jovens recebem o equivalente a um terço do salário mínimo (R$ 155) para uma carga horária de quatro horas/dia. “Essas quatro horas não atrapalham os estudos, porque a gente incentiva também a educação e a empresa entra com o vale transporte, se necessário, e duas camisetas”, afirma.

Meta

A meta da prefeitura é superar o número de 100 jovens beneficiados até o fim de 2009. “Nós estamos percebendo que há muitos jovens que procuram por essa oportunidade, provavelmente vamos abrir mais uma turma com 36 adolescentes”, diz Alda Sandra.

Os jovens são escolhidos através de parceria com a Secretaria Municipal de Educação, levando em conta os alunos com dificuldades financeiras e de ingressar no mercado de trabalho. “Nós escolhemos alunos das escolas municipais, e se não preenchermos o número de vagas, procuramos as escolas estaduais.”, explica a secretária.

Notícias relacionadas