Primavera chega com tempo dentro da normalidade

Primavera chega com tempo dentro da normalidade

A primavera no hemisfério sul em 2011 teve início às 6h15 de hoje (23). Segundo o técnico em Planejamento Hidroenergético da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, Geraldo Manoel Moreira da Paixão, as previsões meteorológicas para a estação devem ficar dentro da normalidade para essa época do ano em termos de temperatura e pluviosidade.

Geraldo Paixão explica que a expectativa é de uma primavera com chuvas entre a média e ligeiramente acima da média para todo o Estado. O início do período chuvoso, de acordo com o que ocorre historicamente em Minas Gerais, deve mesmo começar no mês de outubro. As temperaturas, por sua vez, serão acima da média durante os próximos três meses. A previsão é de que tenhamos médias máximas em torno dos 32°C no Norte do Estado e médias mínimas de 26°C no Sul.

“É importante ressaltar que em outubro, observam-se muitos focos de queimadas em Minas, principalmente nas regiões Norte e Noroeste, em virtude das altas temperaturas e da falta de chuvas”, afirma Geraldo Paixão.

Em novembro, a frequência das frentes frias aumenta e os totais diários se tornam mais significativos, com previsão de chuvas em torno de 20% acima da média. Dezembro, já perto do final da primavera, terá também chuvas mais volumosas com frentes frias estacionárias.

Centro de Climatologia da Cemig

A Cemig conta com um moderno Centro de Climatologia responsável pela previsão do tempo e vigilância meteorológica. Equipado com um Sistema de Telemetria Meteorológico com 150 estações de observação espalhadas pelo Estado, o Centro de Climatologia conta também com um Sistema de Localização de Tempestades, que detecta raios em qualquer região de Minas, com computadores dedicados para rodar modelos numéricos de previsão para sete dias de antecedência.

O sistema de previsão do tempo é disponibilizado para todos os órgãos de operação e planejamento da Cemig e para apoio aos órgãos de Defesa Civil, prefeituras e emissoras de televisão. Os alertas meteorológicos gerados pelo Centro de Climatologia são enviados por e-mail, SMS e comunicação através de telefone celular.

Radar meteorológico

Com o objetivo de monitorar tempestades severas com antecedência de até 6 horas, a Cemig está investindo R$ 10,5 milhões na implantação de um radar meteorológico no Morro do Elefante, no município de Mateus Leme.

O equipamento, importado da Finlândia, emite ondas eletromagnéticas que, após passarem pelas nuvens, retornam gerando dados. O radar emite informações precisas em um raio de até 200 quilômetros de abrangência e dados com menor grau de detalhamento em até 450 quilômetros. O início da operação do equipamento está previsto para novembro deste ano.

Com Agência/Cemig

Notícias relacionadas