Procon Araxá orienta sobre Dia das Crianças

Procon Araxá orienta sobre Dia das Crianças

Com a aproximação do Dia das Crianças comemorado no próximo dia 12, o comércio já se prepara para o aumento nas vendas de produtos infantis, principalmente brinquedos. O Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Araxá oferece algumas dicas importantes para o consumidor.

A secretária executiva do órgão, Belma Nolli, recomenda que os consumidores fiquem atentos a pequenos detalhes que podem prevenir prejuízos à saúde e à segurança das crianças.

Um aspecto muito importante, segundo Belma Nolli, é verificar se o brinquedo é compatível com a idade da criança. “Peças pequenas, por exemplo, são muito perigosas se utilizadas por crianças com idades impróprias”. Além disso, todo brinquedo deve apresentar o selo do Inmetro (que indica que o produto foi fabricado com as normas técnicas em vigor), que é obrigatório em qualquer brinquedo comercializado no Brasil.  “Não comprem produtos no mercado informal, pois apesar de mais baratos, a maioria  não atende os requisitos mínimos de segurança e qualidade, ainda que a compra pareça vantajosa”, reforçou a secretária executiva do Procon.

As embalagens devem conter: identificação do fabricante, todas as informações (em português) sobre o produto, incluindo instruções de montagem e de uso, número de peças, advertências de eventuais riscos que podem apresentar à criança e indicação da faixa etária.

Além dessas dicas, Belma destaca para o cidadão que é preciso testar os eletrônicos e brinquedos movidos à pilha ainda na loja, verificar se a embalagem não foi violada,  ler as instruções e retirar o brinquedo da embalagem antes de entregar à criança.

Belma Nolli acrescentou que outra dica de suma importância na hora da compra é exigir a nota fiscal. Com ela, você poderá exigir seus direitos, em caso de problemas. Embora a política de troca varie de loja para loja, é importante que o prazo de troca definido pelo estabelecimento esteja informado na Nota Fiscal.

“Como qualquer outro produto, o brinquedo está sujeito a todas as exigências do Código de Defesa do Consumidor”, argumentou Belma Nolli.

Mais informações sobre o assunto podem ser adquiridas na sede do Procon situada na Rua Dom José Gaspar, n° 829, Centro, ou pelo seguinte número de contato (34) 3662-2444.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *