Professor expõe coleção de rádios no Cefet

Professor expõe coleção de rádios no Cefet

O professor de Educação Física do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) de Araxá, Oliveiros Dias Filho, é um aficionado pela história do rádio, tanto que há dez anos coleciona tudo sobre o assunto. Ele tem 120 aparelhos antigos entre rádios, radiolas, gramofones, fonógrafos, galenas e gravadores de rolo, além de microfones, válvulas, livros e muito mais.

Parte da coleção pode ser conferida até às 21h de hoje (5) na 2ª Jornada de Ciência e Tecnologia do Cefet de Araxá, na avenida Amazonas, 807. A exposição faz parte do curso de Eletrônica e retrata o lado histórico, cultural e técnico do rádio. Dentre as raridades, dois rádios fabricados em 1936, um Philips e um RCA.

“Uma peça especial de coleção é tratada de acordo com o seu estado de originalidade, maior tempo de existência, escala de fabricação ou a que deu mais trabalho para ser adquirida”, destaca Oliveiros.

A mostra também valoriza um brasileiro que é considerado um dos “pais do rádio”. Trata-se do padre gaúcho Roberto Landell de Moura (1861-1928), pioneiro que expôs as suas descobertas muito antes do italiano Guglielmo Marconi, considerado mundialmente o inventor do rádio.

Landell só não foi reconhecido porque não fazia parte da comunidade científica internacional, sediada na Europa e nos Estados Unidos. De acordo com Oliveiros, Landell patenteou, nos Estados Unidos, o rádio dois anos antes de Marconi, que tem a sua patente registrada na Inglaterra.

Jornada

A 2ª Jornada de Ciência e Tecnologia do Cefet de Araxá faz parte da preparação para a 2ª Semana de Ciência e Tecnologia que acontece em novembro do ano que vem.

De acordo com o professor e organizador Augusto César da Silva Bezerra, a jornada conta com a exposição de trabalhos elaborados pelos cerca de 750 alunos da instituição através de palestras, além do mostra de projetos feitos pelo bolsista em iniciação científica, que contam com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). A jornada acontece até amanhã (6).

Notícias relacionadas