Professores do Uniaraxá cursam doutorado e mestrado com apoio da instituição

Professores do Uniaraxá cursam doutorado e mestrado com apoio da instituição

A formação continuada é uma das principais preocupações do Uniaraxá e de sua mantenedora, a Fundação Cultural de Araxá (FCA). Professores que querem fazer mestrado ou doutorado, contam com o apoio da Instituição, que vê resultados positivos para os seus profissionais e para seus alunos, que têm em sala de aula professores mais bem preparados.

O professor Francisco Ilídio Ferreira Rocha, cursou mestrado e doutorado com o apoio do Uniaraxá. Para ele, o apoio foi crucial, visto que além de requerer um investimento financeiro considerável, a instituição ainda incentiva seus docentes a se aperfeiçoarem. “Com um efetivo programa de bolsas para pós-graduação que dificilmente é encontrado. Quando dizia para meus colegas que o Uniaraxá estava financiando meu doutorado, eles não conseguiam esconder a surpresa de conhecer um exemplo tão evidente de comprometimento com a qualidade da educação superior”, revela.

O professor Almir Gracia Fernandes cursou mestrado e agora, doutorado, com o apoio do Uniaraxá. Para ele a oportunidade elevou a qualidade das suas aulas e a possibilidade de orientar trabalhos de pesquisa dos alunos. Em 2011 iniciei o Doutorado e este curso realmente alterou a minha forma de perceber a pesquisa, tornando-me um pesquisador muito melhor e trazendo uma bagagem muito superior de conhecimento sobre a ciência do Direito”, destaca.

O professor Marco Aurélio Moreira, afirma que levar o tema de sua dissertação para a sala de aula, garante o bom resultado nos projetos aplicados. “Foi a confirmação na qual posso aplicar os recursos adquiridos na literatura e na prática para a Redução de Custos, evitar retrabalhos e proporcionar melhorias contínuas nas organizações”, destaca.

O Uniaraxá também auxiliou a professora Ritta de Cássia Canedo Oliveira a concluir seu mestrado. Segundo ela, desde o início dos estudos foi possível notar a diferença na qualidade do ensino. “Observei que nas rotinas educacionais a minha capacitação foi melhorada. O que influencia diretamente nas demandas de orientações dos Trabalhos de Conclusão de Curso, contribuindo na formação diferenciada de meus alunos”, afirma.

O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, lembra que a visão do Uniaraxá é ser uma Instituição de Ensino Superior de excelência com práticas inovadoras. “O investimento na qualificação dos seus professores visa, principalmente, a melhoria na qualidade dos serviços educacionais oferecidos”, destaca.

Ao todo, 79 professores receberam apoio do Uniaraxá para realizar pós-graduação stricto sensu. Foram 67 bolsas para mestrado e 22 bolsas para doutorado, alguns professores tiveram apoio para as duas modalidades. Atualmente, 13 professores estão cursando doutorado ou mestrado. O professor que estiver no Uniaraxá há mais de três anos e quiser fazer sua pós-graduação stricto sensu, pode solicitar a bolsa. A demanda é atendida dentro do limite estabelecido por ordem de solicitação e, quando não há verba o suficiente, mantém-se lista de espera, porém essa espera não tem passado de um semestre.

Notícias relacionadas