Projeto Esperança firma parceria com cooperativas

Projeto Esperança firma parceria com cooperativas

A Cooperativa dos Produtores de Materiais Recicláveis (Cooperare) e a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Araxá (Reciclara) fecharam parceria com o Projeto Esperança da empresa Zema. O projeto conta com a participação de mais de 80 parceiros, entre bancos, empresas do comércio, mineradoras, que doam materiais recicláveis. Todo o montante era recolhido por uma equipe da empresa e, a cerca de 15 dias, passou a ser recolhido pelas cooperativas, que vendem o produto à própria empresa.

De acordo com a coordenadora do projeto, Renata Cristina Alves, a parceria é uma forma de ajudar as cooperativas, já que não é objetivo da empresa competir com pessoas que tiram o sustento através da reciclagem, caso dos catadores da Cooperare e Reciclara. A venda do material reciclado para o Projeto Esperança aumenta os ganhos das cooperativas.

Papel, papelão, plástico, isopor e alumínio separados nas unidades da Zema, presentes em mais de 200 cidades são recolhidos e levados para o Centro de Triagem do Projeto Esperança, no Centro de Distribuição e Apoio das Lojas Eletrozema (CDA), em Araxá .

O material é vendido e revertido através de doações às instituições que assistem crianças e adolescentes nos Estados de Minas Gerais e São Paulo, onde a Zema está presente.

A receita obtida gira em torno de R$ 15 mil reais mensais, sendo destinada integralmente à entidades. Em seus nove anos de existência o Projeto Esperança já doou mais de R$ 500 mil. Deste total, cada tonelada de papel evita o corte de 25 árvores. Com a iniciativa da empresa, mais de 23 mil árvores foram salvas. O projeto recicla uma média de 50 toneladas de materiais por mês.

Notícias relacionadas