Projeto ???Meninos do Orozino Teixeira??? é lançado

Projeto ???Meninos do Orozino Teixeira??? é lançado

O lançamento do projeto “Meninos do Orozino Teixeira” aconteceu na tarde desta terça-feira (9), na Escola Municipal Aziz J. Chaer. Serão beneficiadas 12 crianças de 5 a 7 anos que estão em situação de vulnerabilidade social. Elas serão amparadas durante doze anos (até a chegada à faculdade) com diversas ações voltadas para a educação, família e sociedade.

O projeto é coordenado pelo empresário Walter Vieira em conjunto com as pastorais da Paróquia de São José e apadrinhado pela Fundação Rio Branco. O “Meninos do Orozino Teixeira” é o segundo projeto a fazer parte do programa “Meninos de Periferia”, lançado em 2004 pelo empresário Wellington Martins, quando foi lançado o projeto “Meninos da Chapadinha”, que engloba os bairros do setor Oeste (Alvorada, Serra Morena, Boa Vista, São Domingos e outros) e é assistido pelas Damas Salesianas de Araxá.

O programa é composto por uma sociedade de empresários, profissionais liberais e pessoas físicas. Além de Wellington, Walter e representantes das pastorais, estiveram presentes no lançamento o representante da Fundação Rio Branco, Ernane Montadon, a secretária municipal de Educação, Marlene Borges Pereira, a diretora da Escola Aziz J. Chaer, Glória Lúcia Ribeiro Soraggi, pais e professores.

De acordo com Wellington, o investimento para a preparação dos doze “Meninos do Orozino Teixeira” até o ingresso à faculdade está orçado em cerca de R$ 7,2 mil por ano. “Dentro desse orçamento as crianças recebem material escolar, aulas de reforço, uma televisão para a família que mais contribuiu com o projeto durante o ano, uma bicicleta para a criança que mais evoluiu, além de diversos outros benefícios durante esses doze anos. Pode ter certeza de que no futuro elas farão a diferença”, afirma.

“Nós enxergamos uma grande oportunidade de implantar o projeto no Orozino Teixeira, que carece dessa atenção às crianças e famílias que são assistidas pelas pastorais da Paróquia de São José. Essas doze crianças vão poder crescer em seu meio social, na educação e no mercado de trabalho”, destaca Walter.

Wellington anuncia que em 2009 o Padre Alaor será o próximo bairro a ser amparado pelo “Meninos de Periferia”.

Notícias relacionadas