Reajuste aos servidores municipais pode ser menor que os 11% anunciados

Reajuste aos servidores municipais pode ser menor que os 11% anunciados

O reajuste salarial aos servidores municipais, anunciado pelo prefeito, interino, Miguel Júnior, vai depender de um novo estudo técnico feito pela secretaria de Planejamento e Gestão. A intenção era chegar a um aumento de 11%, mas o município precisa dar posse a alguns concursados, o que vai gerar um novo impacto a folha salarial da Prefeitura.

A previsão era que o projeto entrasse na pauta de votação na reunião extraordinária realizada nesta terça-feira (17), mas o Executivo não encaminhou a matéria para a apreciação dos vereadores.

Além da entrada de novos profissionais na Prefeitura por meio do concurso, trabalhadores da área de saúde esperam que o reajuste seja superior a 11%.

O novo estudo, que será realizado pelo chefe do Controle Interno da Secretaria de Planejamento e Gestão, Arnildo Morais, pode apontar um reajuste abaixo dos 11% anunciados de forma precipitada. 

Notícias relacionadas