Reitor e coordenador de cursos do Uniaraxá participam de congresso em Portugal

Reitor e coordenador de cursos do Uniaraxá participam de congresso em Portugal

O reitor do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá), professor Válter Gomes, e o coordenador dos Cursos Tecnológicos, professor Agenor Manoel de Carvalho, participaram do 12º Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciência da Educação, com o tema “As Ciências da Educação: espaços da investigação, reflexão e ação interdisciplinar”, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Utad), em Vila Real, Portugal, entre os dias 11 e 13 de setembro.

Os doutorandos professores Válter Gomes e Agenor Carvalho tiveram mais uma oportunidade de aprimorar seus conhecimentos para, em breve, defenderem suas teses de doutorado. A tese que será defendida pelo professor Válter é sobre Planejamento Estratégico em Instituições de Ensino Superior. Já a tese do professor Agenor é sobre Avaliação Interna e Externa.

As teses desenvolvidas pelos professores serão aplicadas na instituição, reforçando a Visão do Uniaraxá que é “Ser uma instituição de ensino de excelência com práticas inovadoras”. Mais de 400 comunicações foram debatidas em 71 mesas durante os três dias de congresso, além das conferências proferidas por dirigentes educacionais europeus, inclusive com a participação de estudiosos brasileiros.

Professor Agenor Carvalho, a orientadora Maria de Lourdes Machado-Taylor, e reitor Válter Gomes

Para o professor Válter Gomes, o investimento na qualificação profissional é um grande diferencial do Uniaraxá. “O meu mestrado, concluído em 2005, também foi viabilizado por meio de tais bolsas. Naquela oportunidade, o tema desenvolvido foi o de Responsabilidade Social Aplicada ao Ensino Superior. E a nossa pesquisa deu origem ao Balanço Social do Uniaraxá, publicado a partir de então”, afirma.

“Hoje acontece o mesmo: as pesquisas em desenvolvimento com o tema “estratégia” têm sido aplicadas no Uniaraxá. Desta forma, além da titulação e da qualificação profissional dos gestores, tais investimentos proporcionam outros resultados com a aplicação dos conhecimentos na própria Instituição”, acrescenta o reitor.

Para o professor Agenor, o congresso permitiu a troca de experiências entre participantes de várias partes do mundo. “Houve um intercâmbio e a colaboração entre pares, no qual envolveu docentes e pesquisadores de diferentes áreas e níveis de educação, tanto de Portugal, como de outros países. Se valorizou o diálogo interdisciplinar e interinstitucional, a partir de múltiplas identidades, experiências e culturas.”

O Uniaraxá e a Fundação Cultural de Araxá (FCA) apostam na qualificação de seus profissionais e incentivam o estudo e aprimoramento de seus professores. Conforme critérios previamente defendidos, o Uniaraxá/FCA concedem bolsas de estudos para seus professores se especializarem em suas áreas de atuação.

Atualmente, um professor está desenvolvendo sua dissertação para mestrado e nove professores se preparam para defender suas teses de doutorado com o apoio da instituição. Treze professores já concluíram seu doutorado com o apoio da instituição e 61 já são mestres, graças ao apoio do Uniaraxá/FCA.

Notícias relacionadas