Reunião na Igreja Matriz busca solução para problemas de segurança e vandalismo

Reunião na Igreja Matriz busca solução para problemas de segurança e vandalismo

Uma reunião na Igreja Matriz de São Domingos teve como pauta, uma solução para os sérios problemas que a Paróquia vem enfrentando com ações de vandalismo e segurança na área do templo, que é totalmente tombado pelo patrimônio histórico e recentemente passou por uma completa restauração.

O encontro, na última sexta (20), teve a presença do Padre Duile de Assis Castro, responsável pela paróquia, e representantes da Polícia Militar, Juizado de Menores, Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania, Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural de Araxá (Comdepac), Secretaria de Ação e Promoção Social, advogados, Ministros das Eucaristia, entre eles,o ex-prefeito Antônio Leonardo Lemos de Oliveira e o vereador Fabiano Santos Cunha, que também levantou o assunto na Tribuna da Câmara.

Segundo Padre Duile, a Igreja vem sofrendo com os adolescentes e jovens, em skates e bicicletas, que frequentemente tem danificado o piso da frente da Igreja e a escadaria. Em um rápido passeio pelo entorno, os presentes puderam constatar o caso. Além disso, andarilhos e migrantes, conforme preferiu denominar o padre, anoitecem a amanhecem, na porta principal do templo.

Ainda, a falta de segurança, preocupa o pároco. “Hoje, não podemos deixar as portas da igreja abertas para que os católicos possam entrar e rezar. Eles precisam passar pela porta do escritório para termos o controle de quem entra e sai da igreja”, explica.

Entre as soluções apresentadas está o monitoramento por câmeras na Igreja e até mesmo a possibilidade de cercamento com um gradil das áreas afetadas. Por ser um prédio tombado, tudo precisa passar por uma avaliação dos órgãos competentes. O Comdepac deve manter contato com a Paróquia para tratar desse assunto. De acordo com o Padre Duile, o projeto está pronto e até verba própria a Paróquia tem, para instalar 16 câmeras de segurança na parte interna e externa da Matriz de São Domingos.

Para o problema dos adolescentes e seus skates, ficou acertada pela PM, agentes da Segurança Pública Municipal e Comissariado de Menores, uma fiscalização mais ostensiva, visando coibir a prática. Novas reuniões também serão feitas para tratar desse assunto. A PM também deve reforçar a atenção com os andarilhos que permanecem no espaço.

Nesse contexto, o vereador Fabiano apresentou aos presentes um projeto de lei de sua autoria, em tramitação na Câmara Municipal, que proíbe e torna passível de multa, qualquer manifestação nos cruzamentos com ou sem semáforos.

O vereador vice-presidente da Mesa Diretora afirmou que tem trabalhado muito pela cultura e apoia todas as manifestações artísticas e culturais, mas no espaço e local devido, como em praças públicas e teatro e não nas ruas, já que, além do perigo e insegurança para todos, o próprio Código Brasileiro de Trânsito proíbe o cidadão de permanecer na via pública. O pedestre pode apenas atravessar e não permanecer nos cruzamentos.

O projeto foi apoiado por todos, como medida, inclusive, de colaborar na solução do problema que a Paróquia vem enfrentando.

Notícias relacionadas