Robson Magela pede a diminuição da tarifa do transporte coletivo e alerta sobre demissão de cobradores.

Robson Magela pede a diminuição da tarifa do transporte coletivo e alerta sobre demissão de cobradores.
O vereador Robson Magela (PRB) pediu a diminuição do valor da tarifa do transporte coletivo urbano ao usar a tribuna na reunião da Câmara Municipal desta terça (20). A tarifa teve um reajuste de 11,60%, aumentando de R$ 3,45 para R$ 3,85. Robson salientou que a Prefeitura de Araxá tem que subsidiar uma parte do transporte para diminuir o valor da tarifa e beneficiar os usuários. Ele ainda alertou sobre a publicação de um decreto que causará a demissão dos cobradores de ônibus.
 
Robson disse que o aumento da tarifa foi abusivo, pois a inflação acumulada em 2017 foi de apenas 2,94% e o salário mínimo aumentou somente 1,81%, além de que os servidores da Prefeitura, que também são usuários do transporte coletivo, não têm reajuste salarial desde 2016. “Nós vereadores não votamos o aumento da tarifa. Apenas o prefeito tem o poder de autorizar o aumento e foi o que ele fez. Eu sou contra este aumento abusivo”, afirmou o vereador.
 
Robson ainda questionou o motivo do aumento ser concedido antes do fim do mês, pegando a população de surpresa, e comparou a tarifa com o valor cobrado na região. “Em Patrocínio, que é praticamente do mesmo tamanho de Araxá, a tarifa do transporte coletivo aumentou no início deste ano de R$ 3,20 para R$ 3,50”, relatou o parlamentar.
 
Uma microempreendedora da cidade procurou o vereador reclamando que com esse aumento terá que demitir um funcionário para pagar o transporte dos demais colaboradores. “Além de onerar o custo de vida do povo de Araxá, este aumento da tarifa do transporte coletivo ainda vai causar desemprego”, disse Robson.
 
Para Robson, a tarifa precisa diminuir rapidamente e para que isto aconteça é necessário que a Prefeitura utilize recursos públicos para subsidiar uma parte do transporte coletivo urbano. “Subsidiar é conceder dinheiro público para determinadas atividades, como o transporte público, com a finalidade de manter os preços acessíveis à população. O dinheiro do povo de Araxá tem que ser usado em prol dele diminuindo essa tarifa abusiva”, explicou o vereador.
 
Robson ainda contou que também foi publicado outro decreto do prefeito que dispõe sobre a adequação do sistema de bilhetagem eletrônica no serviço de transporte coletivo. A bilhetagem eletrônica é a cobrança de tarifas por meio do uso de cartões inteligentes que liberam as catracas dos ônibus. “Esse decreto vai acabar com a função dos auxiliares de viagem, conhecidos como cobradores. Será mais desemprego em nossa cidade. Aumentaram a tarifa e agora vão diminuir custos demitindo cobradores. Isso é um absurdo”, cobrou o parlamentar.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *