Santa Casa inaugura exame de tomografia computadorizada

Santa Casa inaugura exame de tomografia computadorizada

A Santa Casa de Misericórdia de Araxá já oferece exames de tomografia computadorizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e convênio particular. A implantação do equipamento no hospital atrasou por causa de um problema no processo licitatório. A verba de R$ 850 mil viabilizada junto ao Ministério da Saúde pelo deputado federal Aracely de Paula em 2007 e liberada no ano seguinte.

Anteriormente, os pacientes de Araxá e microrregião que necessitavam de tomografia pelo SUS faziam o exame em cidades vizinhas, principalmente no Hospital Escola da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, explica o secretário municipal de Saúde, Antônio Marcos Belo.

“É um equipamento de última geração que custou R$ 1 milhão com a instalação e a construção da sala especial para a realização dos exames”, destaca o secretário. Ele diz que o paciente que necessitar de um exame de tomografia deve procurar uma Unidade de Saúde ou o Programa da Saúde da Família (PSF).

“A pessoa deve passar por uma consulta com um clínico geral. Caso haja a necessidade, ele encaminhará para um especialista da rede pública que vai analisar a situação e solicitar a realização do exame. Além do grande benéfico para a população, a Secretária Municipal de Saúde também vai proporcionar uma redução de custo.”

O diretor técnico da Santa Casa, José Reinado Furtado, acrescenta que o equipamento também funcionará como uma fonte de renda extra para o hospital. “Vamos atender os convênios e procurar vender o serviço para as cidades da microrregião. O SUS paga pouco pelo exame e esse valor não consegue manter o aparelho, por isso vamos procurar vender na tentativa de obter uma renda a mais para o hospital.”

“É bom ressaltar que o exame será oferecido gratuitamente pelo SUS, mas temos que procurar vender o serviço, pois a demanda é grande por esse tipo de exame”, José Reinaldo.

Ele diz que os exames de tomografia são requisitados principalmente em casos de acidentes. “O equipamento é importantíssimo para toda a região. Somente a faculdade de Uberaba realizava alguns exames e agora temos a oportunidade de suprir essa demanda que existia na microrregião.

Segundo o diretor, a meta é realizar quase 1,1 mil exames anualmente pelo SUS. “Um exame pela rede particular custa entre R$ 400 a R$ 600, um valor alto que muitas pessoas não têm condições de pagar e agora podem realizar gratuitamente aqui na Santa Casa.

Tomografia computadorizada

A tomografia computadorizada é um dos métodos de exames mais confiáveis e seguros disponíveis atualmente. É rápida, simples e totalmente indolor. O equipamento compreende um aparelho que faz radiografias transversais do corpo.

Essas radiografias são convertidas por um computador nos chamados cortes tomográficos, construindo imagens internas das estruturas do corpo e dos órgãos de uma série de seções fatiadas que são posteriormente montadas pelo computador para formar um quadro completo. Portanto, com a tomografia, o interior do corpo pode ser retratado com precisão e confiança para ser depois examinado.

Notícias relacionadas