Secretaria Municipal Especial de Turismo e Eventos busca viabilizar profissionais do Turismo

Secretaria Municipal Especial de Turismo e Eventos busca viabilizar profissionais do Turismo

A Secretaria Municipal Especial de Turismo e Eventos, em parceria com o Sebrae, Sistema Fiemg por meio do Senai, Associação Comercial e Industrial (Acia), Sindicatos dos Hotéis, Bares e Restaurantes e Araxá Convention & Visitors Bureau, está viabilizando projeto para certificação dos profissionais ligados ao turismo.

Em reunião promovida nesta terça-feira (17) na Prefeitura de Araxá, a secretária Régia Côrtes recebeu os representantes de segmentos do turismo. Estiveram presentes o analista técnico microrregional do Sebrae, Rafael Ikawa, o presidente do Sindicato e diretor-adjunto do Sistema Fiemg, Mário Morais Marques, o presidente da Acia, Márcio Farid, e o presidente do Araxá Convention & Visitors Bureau, Eduardo Tannús.

A Certificação dos Profissionais do Turismo é um processo de avaliação que faz o reconhecimento formal das competências de um profissional, independentemente da forma como foram adquiridas, favorecendo sua inserção ou permanência no mercado de trabalho.

Assegura, também, que as empresas tenham trabalhadores qualificados para um desempenho eficiente e eficaz e, consequentemente, produtos e serviços de melhor qualidade. O modelo de certificação debatido durante a reunião foi o elaborado pelo Sistema Senai.

De acordo com Régia, foram disponibilizadas gratuitamente 90 fichas de inscrição para profissionais de hotéis, bares, restaurantes, agências de viagens, táxis, artesanato, doces e museus. Em seguida, serão realizadas avaliações teórica e prática, em datas a serem definidas e conteúdo baseado em normas da ABNT e reconhecimento nacional por meio do Inmetro.

As 90 fichas serão ofertadas pela Secretaria Especial de Turismo e Eventos (30 fichas) e nas sedes parceiros (20 fichas cada).

“Esse projeto de certificação profissional é um ganho muito grande para Araxá, pois para o profissional ele representa uma valorização curricular com reconhecimento e qualidade do Sistema Senai, e para as empresas de turismo a condição de ter esse profissional com uma qualificação de nível nacional”, destaca Régia

Notícias relacionadas