Secretário confirma cobertura de 100% da cidade com o PSF

Secretário confirma cobertura de 100% da cidade com o PSF

O secretário municipal de Saúde, Antônio Marcos Belo, anunciou que em dois meses Araxá terá 100% de cobertura com o Programa Saúde da Família (PSF), com a construção de uma unidade no bairro São Domingos, outra no Centro, além da implantação do programa nas Unidades Integradas de Saúde – Unisa, Unisul, Unileste e Uninorte. Cerca de 50 agentes comunitários de saúde serão contratados e um mapa epidemiológico da cidade será feito.

“Nós implantamos, neste ano, mais quatro PSFs – São Pedro, Santa Luzia, João Ribeiro e Ana Antônia. Dentro desse projeto de ampliação, nós participamos de um seminário em Brasília, onde foi oferecida a possibilidade de nós termos PSFs, instalados nas Unidades de Saúde”, destaca o secretário.

Segundo ele, o projeto foi apresentado e aprovado pelo prefeito Jeová Moreira da Costa e médicos estão sendo procurados para trabalhar nas unidades. “O projeto elaborado também teve a aprovação do Conselho Municipal de Saúde e estamos esperando a liberação, já que, depois do Estado, o projeto é encaminhado para o governo federal e com isso é liberado a contratação de pessoal (através de concurso público)”, diz.

Antônio Belo destaca que cerca de 50 novos agentes comunitários de saúde serão contratados, superando o dobro dos 46 agentes que trabalham atualmente. “Isso significa que todas as residências de Araxá serão visitadas pelos agentes comunitários, haverá o cadastramento de toda a situação da saúde de Araxá. Casos críticos, pessoas acamadas e que requerem atendimento com mais cuidado estarão assistidas”, conta.

Segundo o secretário, o projeto estava previsto para 2011, mas foi possível ser antecipado para este ano. “Com o PAC (Programa de Agentes Comunitários de Saúde), nós antecipamos este atendimento e a cidade terá um ganho. Em nossa região eu acredito que nenhum município tenha”, afirma.

A intenção da secretaria é reduzir o número de atendimentos no Pronto Atendimento Municipal (PAM), o custo nos atendimentos na saúde pública e o número de hospitalização, de acordo com Antônio Belo. Ele acredita que até setembro os agentes já estarão selecionados, treinados e em campo, com o monitoramento de 100% da população.

A Secretaria Municipal de Saúde divulgará em breve as datas e como será o processo de seleção dos novos agentes.

Esta foi a última reportagem da série especial do Diário de Araxá sobre as mudanças na saúde pública em Araxá.

Arquivo

Unidade de Atendimento Especializado inicia atividades

Santa Casa divide atendimentos com inauguração de novas portarias

Araxá negocia a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

Antônio Belo confirma implantação de UTI neonatal para 2010

Notícias relacionadas