Serviço de coleta de lixo pode ser municipalizado

Serviço de coleta de lixo pode ser municipalizado

A coleta de lixo tem sido alvo de inúmeras reclamações na prefeitura neste início de ano. O contrato da administração municipal com a empresa responsável pela coleta termina no dia 18 de fevereiro e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano não descarta a possibilidade de municipalizar o serviço. A empresa Elo Ambiental alega que a quebra de caminhões tem causado o transtorno e que está trabalhando para normalizar a coleta.

De acordo com o secretário João Bosco Borges, o serviço pode ser municipalizado após o término do contrato. “Já nos reunimos com a diretoria da empresa e repassamos as reclamações.” João Bosco afirma que a empresa se comprometeu em regularizar o serviço.

As principais reclamações que chegam à prefeitura são a falta de coleta por até dois dias, coleta fora do horário e serviço mal feito pelos garis. “Nosso trabalho é fiscalizar e cobrar e, de fato, o serviço está deixando a desejar”, afirma João Bosco.

Segundo o encarregado operacional da Elo Ambiental, Mauro Dilson Pereira, a empresa reconhece o problema e está tentando normalizar o serviço. Ele alegou que dois caminhões quebraram e um dos caminhões reservas está com problema.

Quanto à municipalização do serviço, Mauro informou que a prefeitura ainda não repassou nada para empresa. Ele acrescenta que a coleta deve ser normalizada até o fim desta semana.

Notícias relacionadas