Super banner
Super banner

Setur apresenta competitividade turística de Araxá e mais dez municípios

Setur apresenta competitividade turística de Araxá e mais dez municípios

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) apresenta o resultado da média Minas Gerais do Estudo de Competitividade Turísticas dos 11 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional na tarde desta segunda-feira (23), no Minascentro, em Belo Horizonte. Araxá é representada no seminário pela secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, e presidente da Associação do Circuito da Canastra, José Ramos Zago.

O objetivo é realizar um diagnóstico detalhado e avaliar o grau da competitividade turística dos destinos, dentro dos princípios da sustentabilidade, para que os mesmos possam oferecer melhores produtos e serviços para o turista. A avaliação pode, inclusive, contribuir para a atração de delegações estrangeiras nesses destinos durante a Copa de 2014.

O estudo, realizado pela a Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2009, se dá por meio de questionário, com 600 perguntas, avaliando, em cada município, os seguintes aspectos: infraestrutura geral, acesso, serviços e equipamentos turísticos, atrativos turísticos, marketing, políticas públicas, cooperação regional, monitoramento, economia local, capacidade empresarial, aspectos sociais, aspectos ambientais e aspectos culturais.

Os critérios da Setur para a escolha dos 11 destinos em Minas Gerais foram fazer parte de uma Associação de Circuito Turístico; estar inserido no Projeto Estruturador Destinos Turísticos Estratégicos; representar um segmento turístico prioritário (bem-estar, rural, natureza e aventura, negócios, religioso, náutico e pesca esportiva, cultural); ter produtos comercializados pelo mercado; ter operadores receptivos participantes do Programa Minas Recebe; possuir infraestrutura básica e turística além de atrativos turísticos qualificados.

Os destinos indutores são aqueles que possuem infraestrutura básica e turística, com atrativos qualificados, e ferramentas para atrair e/ou distribuir fluxo de turistas para seu entorno, dinamizando a economia da região. Em Minas Gerais, a Setur selecionou os municípios de Araxá, Sete Lagoas, Santana do Riacho, Poços de Caldas, São Lourenço, Maria da Fé, Capitólio, Juiz de Fora, Camanducaia, Caxambu e Caeté.

O projeto Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico e Regional de Minas Gerais segue a Política Nacional do Ministério do Turismo que, em 2008, selecionou em todo o país 65 destinos turísticos com foco na recepção do turista internacional. Ouro Preto, Tiradentes, Diamantina, São João del-Rei e a capital Belo Horizonte foram os cinco destinos escolhidos pelo Ministério do Turismo e desde 2008 estão sendo avaliados.

Notícias relacionadas