Sima tem nova diretoria que vai atuar até 2020.

Sima tem nova diretoria que vai atuar até 2020.

Em um processo democrático, foi eleita a nova diretoria do Sima, nesta semana, para o período de agosto de 2015 a agosto de 2020. A chapa Consolidação foi reeleita conquistando 90,74% dos votos válidos.

O processo de votação contou com o apoio de representantes do CNTQ, sindicatos de Uberaba, Catalão, bancários e entidades sindicais locais. A votação aconteceu durante todo o dia, nas dependências da Vale, Comipa e no Sindicato. Os trabalhos de apuração começaram na noite de terça-feira (28), na sede do Sima, logo após a chegada das urnas.

O atual presidente do Sindicato, Vicente Matos, disse que dará continuidade ao trabalho de defesa dos trabalhadores da extração mineral, químicos e de fertilizantes, buscando sempre o desenvolvimento da representatividade sindical, a fim de proporcionar condições de trabalho dignas e o respeito aos direitos legais dos seus associados.

“Esta eleição acontece num momento em que estamos em meio a uma disputa com a Vale Fertilizantes, que vem desrespeitando sucessivamente os direitos conquistados pelos seus funcionários e acordados com este Sindicato. Vamos continuar nossa luta em prol desta causa e das demais, pleiteando uma mudança no comportamento radical da empresa”, afirmou o presidente reeleito.

Com o resultado, a diretoria do SIMA fica assim constituída: Vicente Magalhães de Matos, Eágria Marilac Pires, Pierre Aristenete Correa Borges, Gilberto Eurípedes Duarte, Rosário José da Silva, Paulo Otávio Alves, Antonio Ribeiro da Silva, Fabiano Batista da Silva, Cláudio Maciel da Silva, Renã César da Silva, Arlene de Fátima Campos, Sebastião Eurípedes Rafael, Dário Vieira, Edmur de Oliveira Silva, Geraldo José de Oliveira Júnior, Sérgio Pedro Xavier, Fausto Marllus Alves Gregori, José Antônio de Oliveira, Donizett Braz Simões, Fábio Nogueira de Rezende, Ismael de Oliveira, Gleiciene Gisely Ferreira, Paulo Antônio de Resende.

Notícias relacionadas