Sinplalto suspende paralisação e convoca assembleia para debater reajuste salarial proposto pelo Executivo

Sinplalto suspende paralisação e convoca assembleia para debater reajuste salarial proposto pelo Executivo

O Sindicato dos Servidores Municipais de Araxá e Região (Sinplalto) suspendeu a manifestação do funcionalismo público marcada para a próxima quinta-feira (19). A entidade vai convocar uma assembleia geral extraordinária para analisar com o servidores públicos o projeto de reajuste salarial de 9,28%, proposto pelo prefeito Aracely de Paula, que foi aprovado ontem (17) pela Câmara Municipal. Após análise, os servidores vão decidir sobre a continuidade do movimento em protesto à desvalorização da categoria.

Nas redes sociais, os servidores demonstram indignação com a proposta. A administração municipal não contemplará servidores que já ganhavam salário mínimo em dezembro passado e tiveram reajuste neste início de ano. A maior indignação, de acordo com o Sinplalto, ficou por conta do vale-alimentação. O funcionalismo público aguardava uma recomposição do cartão para suprir a perda inflacionária de 2015, mas a demora em encaminhar proposta impossibilitou reajuste devido ao período eleitoral.

De acordo com o presidente em exercício do Sinplalto, José Oswaldo da Silveira, os servidores vão decidir na próxima segunda-feira (23) sobre continuidade do movimento em protesto à desvalorização da categoria.

“Estamos estudando as possibilidades que temos, inclusive juridicamente. Por diversas vezes, solicitamos a antecipação da Data-Base de 2016, devido o período eleitoral, e sequer fomos atendidos. Se existir alguma alternativa para que os servidores possam conquistar algum outro benefício, vamos fazer. Uma greve não esta descartada, a categoria decidirá.”

O diretor sindical Hely Aires defende, ainda, que, mesmo que fora do prazo, é possível estabelecer uma pauta mínima para dar continuidade às negociações e garantir as reformas no plano de cargos e salários.

A assembleia geral acontece na próxima segunda-feira (23), a partir das 19h, na sede do Sinplalto – rua João Magalhães, 54, bairro João Ribeiro.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: