Toninho defende união para maior conquista de recursos via Codemig

Toninho defende união para maior conquista de recursos via Codemig

Da Redação – Passada a assinatura de posse como vice-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) realizada na quarta-feira (6), Antônio Leonardo Lemos Oliveira (Toninho) fala da necessidade de um trabalho conjunto entre as lideranças políticas de Araxá para que a cidade seja contemplada com mais recursos. “Não adianta Araxá ter uma representação na Codemig se o prefeito não tiver uma pauta de prioridades, se não existir uma parceria”, afirma.

Segundo ele, assuntos sobre eleições passada ou passada ou futura não podem ser motivos de preocupação entre os agentes políticos. “Tem que existir uma união entre o poder constituído local, a nossa representação na Codemig, nos governos federal e estadual e a Câmara Municipal para a conquista de resultados positivos. É preciso a Codemig ter os olhos para os municípios onde ela retira parte da sua receita, mas também é importante a cidade apresentar suas prioridades, ter uma agenda”, afirma.

Segundo o vice-presidente, agora é o momento do poder público local. “O Poder Executivo, o deputado estadual, juntamente com essa representação na Codemig, colocar na mesa de discussão aquilo que é importante para Araxá, estabelecendo as prioridades. A Codemig com certeza será parceira, mesmo porque, além da estatal, existe uma vontade maior do governador (Antonio Anastasia). Quando ele fez o convite, eu estive com o prefeito (Jeová Moreira da Costa) e ele manifestou estar feliz de Araxá ocupar esse espaço na Codemig e, de certa forma, iria contar com a nossa ajuda nas demandas da cidade. Da mesma forma, eu me coloquei à disposição para receber as demandas da cidade assim que fosse concretizada a nomeação.”

Infraestrutura

Toninho destaca que as principais obras em que a Codemig pode colaborar na cidade são as de infraestrutura. “Geralmente, o prefeito busca na esfera estadual e federal apoio financeiro para atender esses projetos de infraestrutura. Nós sabemos que Araxá ainda tem gargalos em termo de infraestrutura, e quem sabe pode ser uma saída para iniciarmos uma nova fase de relacionamento da Codemig com o município. Quem sabe a estatal possa através dos projetos locais trabalhar no fomento e no desenvolvimento do turismo local”, afirma.

“Mas vale ressaltar que os projetos têm que partir do município, a administração municipal é que deve apresentar as prioridades para que a gente possa contribuir na realização delas”, destaca o vice-presidente.

Notícias relacionadas