Super banner

Uniaraxá celebra convênio com entidades para beneficiar colaboradores de associados

Uniaraxá celebra convênio com entidades para beneficiar colaboradores de associados

Ficou mais fácil para os funcionários das microempresas e empresas de pequeno porte ligadas à Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia), Sindicato do Comércio de Araxá (Sindcomércio), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato dos Produtores Rurais ingressarem no ensino superior no Uniaraxá.

Na última semana, representantes das associações e sindicatos assinaram um convênio com a instituição que vai beneficiar quem trabalha na indústria, no comércio e também na área rural.

O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, explica que grandes empresas conseguem conceder bolsas para seus funcionários, porém, as empresas de pequeno porte sempre buscam uma alternativa para que seus funcionários também possam ter acesso ao ensino superior.

Em busca de alternativas, o Uniaraxá elaborou o convênio para que os funcionários das empresas, ligadas às instituições citadas, tenham também essa importante oportunidade. “Desde que o empresário participe com uma contrapartida de, no mínimo, 30% do valor da mensalidade, a nossa instituição que hoje oferece um desconto de pontualidade de 15% poderá ampliar esse desconto para 20%, e se o empresário garantir a adimplência desse aluno tal desconto poderá chegar a 25%, totalizando 55% de bolsa para o estudante. Caberá ao aluno arcar com 45% do valor total da mensalidade”, explica.

O presidente da CDL, Itamar Machado, destaca que a grande maioria que trabalha no comércio e fez o ensino médio consegue um salário razoável para arcar com os estudos. “Não tem uma visão de mundo e de vida que um curso superior pode dar. A oportunidade desse convênio, assinado com o Uniaraxá, é de nós trabalharmos junto ao empresário para que ele incentive seus funcionários que estão trabalhando, visualizando um futuro melhor ainda através do ensino superior”, destaca.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Alberto Adhemar do Valle Júnior, afirma que o convênio é muito importante porque resgata alguns benefícios que os produtores rurais tinham quando ajudaram na abertura dos cursos superiores em Araxá.

“A educação é a mola mestra para a gente mudar esse país e dar oportunidade para nossos produtores, aos dependentes e seus funcionários, para que tenham acesso ao ensino (superior), é fundamental. O produtor rural precisa de educação, assim como toda a população brasileira”, destaca.

Notícias relacionadas