Uniaraxá e Fapemig renovam convênio para projetos de Iniciação Científica

Uniaraxá e Fapemig renovam convênio para projetos de Iniciação Científica

O Uniaraxá e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) firmaram mais um convênio para fomentar pesquisas e projetos científicos inovadores e tecnológicos que possam auxiliar no desenvolvimento econômico e social da região e também do Estado. A novidade deste ano, é que o convênio em 2015 foi celebrado com duração para os próximos cinco anos, comprovando a qualidade e seriedade do trabalho de professores e alunos nos projetos de pesquisas realizados pelas equipes do Uniaraxá.

De acordo com a coordenadora de Pesquisa do Uniaraxá, professora Danielle Rodrigues dos Santos, os alunos bolsistas da Fapemig têm interesse em adquirir o conhecimento prático, indo além da sala de aula. “É um aluno que tem uma média de notas maior do que a maioria de seus colegas de turma, que está interessado em aprender e sabe o quão importante é passar por esta etapa durante a graduação e que pode ser um grande diferencial para sua vida profissional”, destaca. O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, afirma que o apoio à pesquisa é inerente às atividades do Uniaraxá. “Ensino de qualidade se faz com pesquisa, com iniciação científica, com a oportunidade dada aos alunos para aprender mais, buscar o novo, ir além”, afirma.

Alunos de todos os cursos do Uniaraxá podem se inscrever para o Programa de Bolsas de Iniciação Científica, desde que estejam cursando a partir do 2º período, que não tenham vínculo empregatício e que se formem nos 12 meses de vigência da bolsa, a seleção ocorre uma vez ao ano, geralmente no segundo semestre. Durante o período de pesquisas e estudos, o aluno recebe uma bolsa no valor de R$400, além de apoio na compra de materiais para desenvolver o projeto, e para a participação em eventos externos com a apresentação de trabalhos.

A Fapemig disponibiliza 30 bolsas para os alunos do Uniaraxá. Desde 2008, 190 alunos da instituição já foram beneficiados com as bolsas e desenvolveram projetos inovadores. Alunos de todos os cursos podem se inscrever, atualmente as bolsas abrangem alunos dos Cursos de Agronomia, Fisioterapia, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Direito, Enfermagem, Sistemas de Informação, Administração, sempre com o apoio de um professor orientador.

Notícias relacionadas