Uniaraxá investe em pesquisa

Uniaraxá investe em pesquisa

O governo mineiro deverá liberar cerca de R$ 250 milhões para apoio a projetos de pesquisa neste ano, valor muito superior ao investimento feito em 2009, que era de apenas R$ 15 milhões. A informação é do membro da Câmara da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Décio Gatti Júnior.

Em reunião com os professores e gestores do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) nesta segunda-feira (1º), o professor deu uma aula sobre como elaborar projetos de pesquisa e extensão que atendam aos editais da Fapemig para obtenção de bolsas de estudo para pesquisadores. O evento deu início às atividades da Coordenadoria de Pesquisa em 2010, um ano que promete muitos avanços na área.

Segundo a coordenadora de Pesquisa do Uniaraxá, Danielle Rodrigues dos Santos, o maior objetivo da pesquisa é fazer da prática investigativa um instrumento para a qualidade de ensino da instituição.

Alunos contemplados com bolsas apresentaram seus trabalhos e receberam certificados do Programa de Iniciação Científica. O professor Décio mostrou um quadro otimista no campo do fomento à pesquisa no Estado e apresentou critérios para a formulação dos pedidos que, segundo ele, aumentam as chances de aprovação pela Fapemig.

Notícias relacionadas