Super banner
Super banner

Uniaraxá realiza simulado inaugural do Tribunal do Júri

Uniaraxá realiza simulado inaugural do Tribunal do Júri

O auditório do Tribunal do Júri do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) foi inaugurado no final do ano passado. Trata-se de um moderno auditório, construído dentro de uma tecnologia ambiental e totalmente equipado para os eventos da Instituição. São cento e doze cadeiras para o público e todos os equipamentos para a realização de eventos, mas, em especial, de uma sessão do Tribunal do Júri, pois foi construído com essa destinação.

No julgamento simulado, os participantes foram todos alunos e professores do Curso de Direito, assim representados:

Juiz: Renato Zouain Zupo (professor do Uniaraxá e juiz de Direito);

Escrevente: Wisley Ciil-Farney Martins;

Promotor de Justiça: Renato Ganzarolli de Castro Mendonça (aluno do 9º período);

Assistentes de acusação: Farley Santana e Germano Cunha Graciano (alunos do 8º período);

Defesa: Edenísio Silva Santos, Rosário José da Silva, Vinícius Augusto da Costa Muniz e Joyce Afonso Rios (alunos do 9º período).
 
Corpo de jurados: formado por alunos do Curso de Direito, sorteados conforme o protocolo do Tribunal do Júri. O caso simulado nesta sessão referiu-se ao disposto no art.121, § 2o, II e III, do Código Penal Brasileiro.

Uma verdadeira aula

Por ser uma atividade pedagógica do Curso de Direito e com base nos fatos ocorridos nesta sessão, a atividade foi uma aula prática, muito apreciada não só pelos alunos e professores, mas também pelo público presente e por pessoas da comunidade.

Durante toda a realização da sessão do Tribunal do Júri, Renato Zouain Zupo, na condição de Juiz e Presidente do Tribunal, fez uma série de digressões, explicando cada passo de uma sessão.

Começou explicando a localização histórica deste evento da Justiça e de como conservou sua formalidade até os tempos presentes, embora tenha incorporado os avanços da tecnologia, em especial da tecnologia da informação e comunicação.

Na condição de professor dos acadêmicos presentes, o magistrado explicou, passo a passo, a montagem, execução e consequência de cada momento da sessão realizada, com destaque para a importância de um evento como este para a comunidade e para os trâmites judiciais.

Ao final da sessão, e como prêmio aos que atuaram no Tribunal, o professor avaliou a participação de cada um e destacou aqueles que tiveram maior brilho em suas participações, dizendo: “Os senhores estão prontos para atuarem em uma real sessão do Tribunal do Júri; se fosse de minha competência direta, eu diria: os senhores podem pegar sua carteira e começar sua atuação”.

O diretor do Instituto de Ciências Exatas e Humanas e Coordenador, Nilson Carvalho, esteve presente, apoiando a realização do evento e manifestou sua satisfação com o brilhantismo da sessão simulada.

Na oportunidade, os presentes foram informados que o 1º Tribunal do Júri da Comarca de Araxá vai realizar julgamentos no auditório do Tribunal do Júri do Centro Universitário do Uniaraxá. O objetivo da medida é tornar a experiência jurídica de um tribunal mais próxima dos estudantes da área.

Notícias relacionadas