Uniaraxá recebe MEC para reconhecimento do curso de Engenharia de Produção

Uniaraxá recebe MEC para reconhecimento do curso de Engenharia de Produção

Reunião entre representantes do Uniaraxá e do MEC

Uma comissão do Ministério da Educação (MEC) visitou o Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) nesta semana para avaliar o curso de Engenharia de Produção, lançado pela instituição no primeiro semestre de 2010.  As universidades e os centros universitários têm autonomia para criar cursos e decorrida a primeira metade da sua instalação eles devem solicitar a visita do MEC para que os cursos sejam avaliados e reconhecidos.

A comissão é composta por dois avaliadores que são professores em outras instituições. Eles professores foram sorteados no Banco Nacional de Avaliadores (BASis) e ficaram em Araxá entre segunda e terça-feira desta semana, realizando no Uniaraxá uma série de levantamentos, averiguação  de documentos e constatando se o que estava no projeto inicial do curso está sendo cumprido.

O processo é composto pela avaliação de três dimensões: Organização Didático-Pedagógica do curso, Corpo Docente e Infraestrutura, além do cumprimento dos Requisitos Legais e Normativos. As fontes de consultas que os avaliadores utilizam são o Plano de Desenvolvimento Institucional-PDI, Projeto Pedagógico do Curso, Diretrizes Curriculares Nacionais, Formulário Eletrônico preenchido pela Instituição no Sistema Eletrônico do MEC, além da documentação comprobatória e visitas às instalações do campus.

Reitor Vãlter Gomes com os avaliadores do MEC

Uma reunião foi realizada na noite de terça-feira (11) marcando o encerramento da vista. Na oportunidade, o reitor do Uniaraxá, Válter Gomes, destacou a oportunidade da instituição por ter recebido dois especialistas no período da avaliação e acrescentou a importância do reconhecimento do curso de Engenharia de Produção pelo MEC.

Ainda sobre a visita, Válter Gomes afirma que o processo de preparação para recebimento de uma comissão avaliadora é muito interessante. “É um dos momentos em que a instituição revê todas as suas ações com foco na qualidade do ensino. São revisados os seus processos internos, rotinas e documentação; e é realizada uma profunda autoavaliação de desempenho, o que sempre gera oportunidades de melhorias”, explica.

O relatório do MEC está previsto para ser enviado ao Uniaraxá na próxima semana. A expectativa é do reconhecimento do curso de Engenharia de Produção, considerando o nível elevado dos profissionais e da estrutura do Uniaraxá.

Notícias relacionadas