Universitárias recebem prêmio

Universitárias recebem prêmio

Alunas do curso de Administração do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) receberam, na manhã desta terça-feira (23), um prêmio (um notebook) oferecido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) pela classificação em 1º lugar em Minas no curso de Empreendedorismo e Elaboração de Plano de Negócios. A premiação foi realizada no Centro de Formação Profissional Júlio Dário – CVT/Araxá/NAE -, com a presença do prefeito, vereadores, professores e representantes de entidades.

As acadêmicas Débora Cândida de Araújo, Letícia Silva de Oliveira e Isabella Alves Mota foram orientadas pelos professores do Uniaraxá, Ricardo Moreira dos Santos (Empreendedorismo) e Waldecy Carvalho de Lima (coordenador do curso de Administração).

As alunas desenvolveram o plano de negócios do sabão líquido Biolimp, um produto ecologicamente correto, feito a partir da reutilização de resíduos de óleo vegetal, evitando que ele seja descartado na natureza, provocando prejuízos ambientais. O trabalho das estudantes, coordenado pelo Núcleo de Apoio ao Empreendedorismo (NAE), foi considerado o melhor plano de negócios do Estado de Minas Gerais.

A entrega dos certificados de conclusão do curso foi em agosto de 2009, na Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá (Acia). Oito municípios mineiros e 183 participantes concorreram ao prêmio.

O objetivo do curso é fornecer ferramentas próprias pra o desenvolvimento de uma empresa, oferecendo aos universitários uma oportunidade de colocar em prática a teoria aprendida nas aulas.

O Biolimp foi demonstrado na última Feira de Ciência e Tecnologia do Uniaraxá em outubro do ano passado.

O prefeito Jeová Moreira da Costa parabenizou as alunas, professores e a reitoria do Uniaraxá, que, segundo ele, é exemplo de ensino superior de qualidade.

“Todas as iniciativas hoje têm que visar à valorização e o respeito ao meio ambiente. O projeto desenvolvido pelas acadêmicas é uma iniciativa inovadora que favorece a qualidade de vida, a inclusão social e a valorização do ser humano”, declarou o prefeito.

Waldecy comemorou o resultado obtido pelo incentivo aos alunos com o objetivo de difundir o conhecimento através de projetos reestruturadores voltados para a capacitação tecnológica.

Notícias relacionadas