Vacinação contra a gripe acontece até o próximo dia 8

Vacinação contra a gripe acontece até o próximo dia 8

A Campanha de Vacinação contra a Gripe vai até sexta-feira (8) e atingiu somente 44,53% da população acima de 60 anos até esta terça-feira (5). Para ajudar na divulgação a campanha ganhou uma parceria importante. O cantor e compositor mineiro Márcio Greyck, que ficou conhecido na década de 70 com a canção Impossível acreditar que perdi você, deu um exemplo a seus fãs. Aos 61 anos, Greyck se vacinou.

Para o cantor a vacinação é um ato de responsabilidade consigo mesmo e com o outro. “Precisamos nos conscientizar que a nossa saúde é muito importante para outras pessoas. Precisamos nos proteger das complicações da doença porque nossa saúde atinge familiares, amigos. Por isso, eu garanto, quem se vacina demonstra amor e cuidado”, comentou.

Minas precisa vacinar 80% da população na faixa etária acima de 60 anos. “O alerta do Márcio Greyck é muito importante. Ainda faltam mais de 1,2 milhão de idosos para vacinar”, comentou Jandira Lemos, coordenadora estadual de Doenças e Agravos Transmissíveis.

“É importante informamos às pessoas que a gripe pode ser fatal e que falta apenas uma semana para se ver livre da doença. Por isso, estou me vacinando. Eu me cuido. E aconselho a todos a se cuidarem. É bom se amar e amar as pessoas que estão perto de nós”, finalizou o cantor.

Resultados comprovados

Quem se vacina há mais tempo realmente percebe os resultados positivos da imunização. Esse é o caso de dona Maria Ferreira, 87 anos, e seu marido, Pedro, 86. Eles se vacinam contra a gripe desde que a campanha começou e garantem que vale a pena. “Meu marido, quando ficava gripado, tinha uma tosse persistente e congestionava o nariz. Preocupava a todos, porque chegava a ser internado. Hoje, nós não gripamos mais, não temos mais este problema. Vale a pena vacinar, a vida fica bem melhor”, garante.

Segundo Jandira Lemos, a vacinação é realmente eficaz. Desde que começou a ser feita em 1999 provocou uma diminuição de 30% das internações de idosos por pneumonia e por doenças pulmonares obstrutivas crônicas no Estado.

“A população acima de 60 anos é composta por pessoas felizes e animadas, que têm orgulho de ter chegado a esta idade com saúde. Elas querem continuar produzindo e têm muito a ofertar à sociedade, por isso se cuidam e se preparam para o futuro”, afirmou.

Jandira também alerta que a imunização, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não causa gripe, pois tem em sua composição vírus mortos. Os efeitos mais comuns são dores no local de aplicação, vermelhidão e febre, que se manifestam em apenas 1% dos imunizados. A vacina demora duas semanas para assegurar uma proteção contra a doença e seis semanas para uma proteção máxima, o que coincide com o inverno.

Notícias relacionadas