Valério deixa o Ganso vermelho de vergonha

Valério deixa o Ganso vermelho de vergonha

Os 1698 torcedores pagantes que foram ao Fausto Alvim, na manhã de hoje (15), para acompanhar a estreia do Araxá jogando em casa, no Campeonato Mineiro do Módulo II, viram um time perdido em campo e que acabou sendo goleado por 4 a 0 pelo Valério. O Ganso teve Clóvis expulso, aos 22 do primeiro tempo, a equipe ficou nervosa e o adversário aproveitou para mandar no jogo e voltar para Itabira com os três pontos. Na próxima rodada, o Araxá enfrenta a URT, às 20h30, no Fausto Alvim; já o Valério recebe o Democrata.

Faz dois

Bem que o Ganso começou melhor. Logo no segundo minuto de jogo, Rodriguinho cobrou falta com categoria e a bola foi na rede pelo lado de fora, tirando o grito de gol de muitos torcedores. O Valério não se assustou e, mesmo jogando fora de casa, passou a dominar a partida.

A primeira real oportunidade de gol do Alvinegro veio aos 16 minutos com Kaik. Em dividida de bola entre Afonso e Rodriguinho, a bola sobrou para o atacante, que limpou a jogada e bateu de três dedos no canto direito para o goleiro Maicon mandar para escanteio.

A casa do Ganso começou a cair quando Clóvis acertou a mão no rosto do volante Júnior Negão, ao proteger para a cobrança de uma falta, e foi expulso aos 22 minutos. O árbitro da partida, Antônio Márcio Teixeira foi muito rigoroso e Júnior Negão, um ótimo artista, já que a mão de Clovis passou de raspão.

O Valério que não tinha nada a ver com isso se encarregou logo de marcar dois gols. Aos 35, Júnior Negão subiu sozinho e completou cobrança de falta da esquerda, o goleiro Cláudio ficou indeciso na jogada e não conseguiu evitar o gol.

Em um contra-ataque rápido, Zé Augusto ampliou. A marcação alvinegra se deslocou para a direita e deixou o camisa 10 do Valério livre pelo meio, ele chutou de fora da área e fez 2 a 0.

Vira quatro

Bem organizado em campo, o Valério voltou para a segunda etapa esperando o Ganso no campo de defesa e o melhor momento para contra-atacar. Já o Alvinegro esboçava reação através das tentativas de Kaik, em uma delas ele aproveitou cruzamento de Baiano e chutou rasteiro, mas Maicon fez boa defesa.

A esperança de reação do Araxá se renovou aos 24 minutos com a expulsão de China, pelo segundo cartão amarelo, mas foi o Valério que encontrou o gol mais uma vez. Aos 29 minutos, Marcus Túlio se enrolou com a bola e a equipe de Itabira aproveitou o contra-ataque. Renato carregou pelo meio e deu passe para Vandão chutar de perna esquerda no canto direito de Cláudio e ampliar.

A resposta do Ganso veio com a cobrança de falta de Bill no travessão, no rebote, Marcus Túlio livre de marcação cabeceou pela linha de fundo. Aos 43, quando os torcedores já deixavam o estádio, Marcus Túlio bobeou e o atacante Farah, que havia acabado de entrar deu números finais a partida, chutando com categoria, no canto direito de Cláudio.

Ficha técnica

Araxá: Cláudio; Bill, Neto (Helder) (Jean Carlos), Rafael; Baiano, Ismair, Clóvis, Vander, Evandro; Rodriguinho (Marcus Túlio) e Kaik.
Treinador: Roberto Gaúcho.

Valério: Maicon; Agnaldo, Afonso, Jean, Marco Antônio; Vandão, China, Júnior Negão, Zé Augusto (Renato); Alexandre (Farah) e Marcelo (Fábio Vieira).
Treinador: José Luiz.

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira.
Auxiliares: Marco Antônio da Silva e Vilza Barbosa Soares Pimenta.

Gols: Júnior Negão, aos 35 minutos do 1º tempo, Zé Augusto, aos 43 do 1º tempo; Vandão, aos 29 minutos e Farah, aos 43 minutos do 2º tempo.

Notícias relacionadas