Valor Bruto da Produção agropecuária mineira é estimada em R$ 50,8 bilhões

Valor Bruto da Produção agropecuária mineira é estimada em R$ 50,8 bilhões

O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária mineira foi estimado em R$ 50,8 bilhões para 2015, nas estimativas referentes a março, representando crescimento de 1,3% em relação ao obtido no ano passado, que foi de R$ 50,1 bilhões. O VBP do setor agropecuário em Minas corresponde a 10,5% do valor gerado no país, que foi de R$ 481,6 bilhões. Os dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) foram analisados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O VBP é o resultado da relação entre o volume da produção e a cotação média do produto. Conforme o levantamento, os dados da pecuária somaram R$ 21 bilhões, registrando crescimento de 3,7% em relação ao ano passado. As lavouras somaram R$ 29,8 bilhões, com queda de 0,4% em relação ao mesmo período anterior. 

Segundo o assessor técnico da Seapa, Francisco Augusto Lara de Souza, a queda da renda gerada na atividade agrícola ocorreu em função da estiagem prolongada que atingiu o estado durante o período de desenvolvimento das lavouras, prejudicando a produção das principais culturas como a da cana-de-açúcar, milho, tomate e batata, que apresentam ponderação expressiva sobre o cálculo do VBP. 

No levantamento de março, os principais produtos agrícolas que registraram contribuições positivas foram: café (5,5%); laranja (21,4%); banana (15,2%) e cebola (27,1%). As lavouras respondem por 58,7% do VBP agropecuário mineiro. “O bom desempenho do café no VBP está associado aos preços médios pagos pela saca, superiores aos registrados no ano anterior. Esse fator também é semelhante para a cebola. Em relação à banana e laranja, a melhora no desempenho é devido ao aumento da produção”, analisa o assessor técnico. 

VBP Pecuário

Na composição das estimativas do Valor Bruto da Produção para 2015, as atividades pecuárias apresentaram maior evolução em relação às do setor agrícola. Os produtos pecuários que mais se destacaram foram: bovinos (14,9%), com cifra estimada em R$ 6,5 bilhões; frango (1,4%), devendo atingir R$ 4,3 bilhões; suínos (3,3%), representando R$ 1,7 bilhão; e ovos (7,9%), que devem alcançar R$ 1,2 bilhão. ‘’O resultado positivo da variação para o produto bovino foi um reflexo da valorização da arroba cerca de 20% e no aumento de animais abatidos representando 6,3%”, analisa Francisco de Souza.

De acordo com o assessor técnico da Seapa, os resultados das variáveis que irão compor a metodologia do cálculo do VBP ainda estão muito incertas para algumas atividades, pois as demandas e ofertas dos produtos ligados ao setor podem influenciar na flutuação dos preços e da produção durante o ano, impactando de forma positiva ou negativa nos resultados estimados do VBP agropecuário do estado nas próximas previsões.

Números do VBP Agropecuário MG – Março 2015

Valor total: R$ 50,8 bilhões (+ 1,3%)

Café: R$ 10,4 bilhões (+5,5%)

Cebola: R$ 171 milhões (27,1%)

Banana: R$ 1,5 bilhão (+15,2%)

Laranja: R$ 1,5 bilhão (+21,4%)

Bovinos: R$ 6,5 bilhões (+14,9%)

Frangos: R$ 4,3 bilhões (+1,4%)

Suínos: R$ 1,7 bilhão (+3,3%)

Ovos: R$ 1,2 bilhão (+7,9%)

Notícias relacionadas