Super banner
Super banner

Vitor é o quarto melhor enxadrista do Brasil

Vitor é o quarto melhor enxadrista do Brasil

Vitor Amorim Fróis (quarto da esquerda para a direita) durante premiação - Divulgação

Da Redação – Aconteceu entre os dias 11 a 13 de maio, no Centro Marista, em Mendes (RJ), o Festival Nacional da Criança (Fenac), evento que corresponde ao Campeonato Brasileiro por Categorias Sub-8, 10, 12, 14 Absoluto e Feminino, promovido pela Confederação Brasileira de Xadrez.

 O evento teve a participação de mais de 150 enxadristas de todas as regiões do país. O enxadrista da Academia Araxaense de Xadrez (AAX), Vitor Amorim Froís, de apenas 9 anos, representou Araxá e Minas Gerais na categoria Sub-10 Absoluto, juntamente com o atual campeão Mineiro sub-10, Enzo Emanuel Victor Fontes, de Juiz de Fora. Na sua categoria foram representados sete Estados. Esta foi a segunda participação de Vitor no Fenac. No ano passado, ele terminou o Brasileiro em 8º lugar na Sub-10.

A primeira rodada iniciou às 14h30 do dia 11, logo após o Congresso Técnico. O araxaense teve como primeiro adversário o campeão Catarinense Sub-10, João Vitor  Dalanhol. Vitor começou o torneio com uma ótima vitória. Na segunda rodada, Vitor confrontou o campeão Mineiro, Enzo Emanuel Victor Fontes, e conquistou seu segundo ponto. Este ano, Vitor havia perdido para Enzo no Mineiro, e desta vez, superou a ferinha de Juiz de Fora.

Vitor (dir.) durante a competição - Divulgação

No dia seguinte, às 9h, iniciou a terceira rodada. Até o momento, Vitor era um dos líderes. O enxadrista sentou-se na mesa para jogar sua terceira partida e manter a liderança contra o Eric Juliani Kihara, do Paraná. Nesta partida, a ferinha araxaense conquistou sua terceira vitória e tornou-se líder da categoria, juntamente com o enxadrista paulista Alberto Tonhati Bonvini.

Na quarta partida, que teve inicio às 13h30, Vitor confrontou o enxadrista Alberto Tonhati Bonvini. Nesta partida, não jogou bem, estava um pouco desconcentrado e acabou perdendo. No fim da tarde, começou a quinta rodada, e Vitor enfrentou o paulista Arthur Hamra. Apesar de jogar bem, perdeu novamente. No domingo foi realizada a sexta rodada, e Vitor jogou sua ultima partida contra o enxadrista carioca Carlos Eduardo Oliveira De Freitas, e conquistou seu 4º ponto.

Com os 4 pontos conquistados em 6 disputados o enxadrista araxaense terminou o Fenac em 4º lugar, tendo a mesma pontuação do 3º colocado, perdendo esta posição pelos critérios de desempate. Mais uma conquista histórica para a Araxá.

Notícias relacionadas