Vitória para tirar a urucubaca

Vitória para tirar a urucubaca

Expulsão, falta de entrosamento com a estreia de novos reforços e o desfalque de Cafu não foram suficientes para impedir a primeira vitória do Araxá no Módulo II 2010, que veio na sexta rodada. O Ganso venceu o Tricordiano por 1 a 0 na tarde de hoje (13), em partida realizada no Estádio Elias Arbex, em Três Corações. O gol foi marcado de cabeça pelo capitão Derlan, após jogada de escanteio pela direita.
 
Expulsão infantil e travessão salva o Ganso

Logo nos primeiros minutos da partida o Galo do Sul partiu para o ataque com jogadas pelo meio com a dupla Luiz Fernando e Jonatas Obina. O primeiro lance de perigo veio aos 14. Uma bola mal rebatida por Patrick, que não fez boa partida, na saída de bola na defesa sobrou Jonatas Obina. Cara a cara com Paulo César, o goleiro do Ganso se jogou nos pés do atacante e conseguiu fazer grande defesa.

O Araxá respondeu aos 22, com Aldo. O lateral chutou à meia distância da ponta direita e obrigou Flávio, adiantado, a fazer uma linda espalmada com as mãos trocadas, mandando para escanteio.

A baixa do Ganso veio com a expulsão do estreante Robert Guerreiro. Em uma entrada violenta por trás em Breno, ele levou o amarelo, que ficou barato, aos 23. Oito minutos depois, o volante fez outra falta perigosa, agora em Jonatas Obina, e levou o vermelho.

Com a expulsão de Robert Guerreiro, o treinador Paulo César foi obrigado a mexer no esquema tático do Alvinegro e colocou o zagueiro Willian no lugar de Ratinho, que pagou o pato, aos 36. Foi a terceira partida neste campeonato que o Ganso jogou com um a menos desde o 1° tempo.

O lance mais perigoso da etapa inicial, para variar, aconteceu em mais uma falha do sistema defensivo do Araxá. Aos 38, Willian saiu jogando errado e Diego Paulista fez a roubada. O meia viu Paulo César adiantado e mandou um lindo chute de fora da área. O goleiro do Ganso assistiu a bola carimbar o travessão e sair pela linha de fundo.

Derlan marca e Ganso lava a alma

O Alvinegro começou a etapa complementar com outra alteração. Rogério Sá deu lugar a outro estreante, Kleber Paulo. Logo no primeiro minuto, o Tricordiano levou perigo. Jonatas Obina, o carrasco do Araxá, recebeu passe açucarado e chutou cruzado. Paulo César salvou mais uma e mandou para escanteio.

Aos 9, o atacante continuou infernizando a defensiva alvinegra. Ele recebeu na entrada da área, girou do jeito que gosta, e bateu no canto direito. Paulo César rebateu e mandou novamente para escanteio.

O cansaço abateu as duas equipes e a partida transcorria sem grandes lances. Aos 30, Paulo César queimou a terceira e última substituição e sacou o pregado Vinicius, que deu lugar a Asprilla.

 Aos 32, o Araxá conseguiu crescer e conseguiu marcar em jogada de bola parada. Em escanteio cobrado pela direita por Aldo, a bola viajou até o segundo pau e encontrou o capitão Derlan. O zagueiro cabeceou com estilo na direita de Flávio e mandou no fundo da rede.

Aos 44, o Tricordiano tentava a pressão depois do gol do Araxá e deu novo trabalho ao goleiro Paulo César. Diego Paulista arriscou de longe e a bola foi mandada para escanteio. O Ganso conseguiu segurar o ataque do Galo do Sul e conquistou a sua primeira vitória no Módulo II 2010.

O time ainda amarga a última posição da chave A, mas consegue se aproximar do Tricordiano e do Mamoré na pontuação do campeonato (5 pontos). O compromisso do Alvinegro está marcado contra a URT no próximo sábado (20), no Fausto Alvim, às 16h.

Jogo entre Mamoré e Poços de Caldas é adiado

Uma intoxicação alimentar na delegação do Poços de Caldas fez com que a partida que o time do Sul de Minas teria neste sábado (13) contra o Mamoré, em Patos de Minas, fosse adiada. Uma nova data será marcada pela Federação Mineira de Futebol.

Ficha técnica

Tricordiano: Flávio, Guga (Alemão), Rogério, Catorta e Wemerson; Dione (Zezão), Fernandes, Diego Paulista e Breno (Biton); Luiz Fernando e Jonatas Obina.
Treinador: Paulo Rogério.

Araxá: Paulo César, Aldo, Max, Derlan e João Pedro; Robert Guerreiro, Patrick, Rildo e Rogério Sá (Kleber Paulo); Vinicius (Asprilla) e Ratinho (Willian).
Treinador: Paulo César.

Arbitragem: Igor Júnio Benevenuto.
Auxiliares: Marcelo Francisco dos Reis e Marco Antônio da Silva.

Gol: Derlan, aos 32 do 2° tempo.

Cartão vermelho: Robert Guerreiro (Araxá).

Notícias relacionadas