VOCÊ NO DIÁRIO: Sonho da casa própria vira pesadelo

VOCÊ NO DIÁRIO: Sonho da casa própria vira pesadelo

O sonho da casa própria torna-se pesadelo para muitos. Atrasos na obra, mau uso dos materiais de construção, falta de capricho quanto ao acabamento e assim por diante. O Residencial Monte Belo bateu todos os recordes. Primeiramente um atraso na obra, de cinco meses, em média. Depois a luta pela água, a Copasa dizia que a culpa era da construtora, a construtora dizia que era da Copasa, enfim, mais quatro meses. A rua que foi construída para interligar o residencial à avenida João Paulo II ficou pronta, asfaltada e sem luz. À noite é perigoso passar por ela, viciados em drogas e gente que prefere um escurinho em vez de motel é constante na área.

Os Correios não entregam correspondências, os moradores têm que ir até a agência, se quiserem pagar as contas em dia. Quando interpela-se alguém por esses problemas ainda se ouve: é casa de segunda linha, estão reclamando de quê? Os moradores do Monte Belo gostariam de viver melhor visto que a prestação é alta, todos pagam seus impostos e não é bairro de periferia, a Câmara está bem ao lado.

Colaboração: Rosa Aparecida de Oliveira, moradora do Residencial Monte Belo

Notícias relacionadas