Volume exportado pelo agronegócio mineiro é recorde

Volume exportado pelo agronegócio mineiro é recorde

As exportações do agronegócio mineiro atingiram um volume recorde em 2009. Os embarques do ano somaram 6,1 milhões de toneladas, crescimento de 24,3% em relação ao mesmo período de 2008. Os números foram organizados pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com base nas informações do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Mesmo com o volume recorde, a crise econômica mundial – que derrubou os preços no mercado externo – fez com que o valor comercializado apresentasse uma retração de 3,9% em relação a 2008. As vendas do agronegócio de Minas Gerais somaram, em 2009, US$ 5,6 bilhões. A queda no Estado foi inferior a media nacional. No ano passado, o país apresentou uma redução de 9,8% nos valores exportados, segundo o MDIC.

As vendas do complexo soja (grão, farelo e óleo) por Minas Gerais em 2009 se destacaram. As exportações somaram US$ 493 milhões, apresentando um crescimento de 81,6% em relação ao ano anterior. Em volume embarcado, o aumento foi de 128%, com 1,1 milhão de toneladas. As exportações de soja em grão e de farelo de soja foram as responsáveis pelo crescimento dos números neste grupo.

A comercialização de açúcar também apresentou números positivos, tanto em volume quanto em valores. O produto foi um dos poucos que registrou valorização de preços no mercado internacional em 2009. Minas Gerais exportou 1,7 milhão de toneladas de açúcar, 40% a mais que em 2008. As vendas movimentaram US$ 611 milhões, alta de 74,6%.

O grupo das carnes (bovina, suína e de aves) também apresentou resultado positivo, com vendas atingindo 308 mil toneladas. Cerca de 17,6% a mais que em 2008. Em valores, foram US$ 652,8 milhões. Um pequeno aumento de 0,5%. Neste grupo, a carne suína foi o principal destaque com aumento de 89% no volume embarcado. Foram 50,2 mil toneladas embarcadas no ano passado, que movimentaram US$ 108,6 milhões. Um crescimento de 67,3% no valor comercializado.

Já as vendas de café, principal produto da pauta de exportações do agronegócio mineiro, representaram US$ 2,9 bilhões. Uma redução de 3,9% na comparação com 2008. No entanto, o volume embarcado, de 1,2 milhão de toneladas, cresceu 10%.

Os principais destinos dos produtos exportados pelo agronegócio de Minas Gerais em 2009 foram a Alemanha, Estados Unidos, China, Japão, Holanda, Itália, Rússia, Bélgica, Índia e França.

Dezembro

Seguindo uma tendência já registrada em novembro, as exportações do agronegócio de Minas em dezembro de 2009 apresentaram números positivos em relação ao mesmo período do ano anterior. As vendas, de US$ 531 milhões, representaram um aumento de 4,5% em relação a dezembro de 2008. O volume embarcado também cresceu. Foram 461 mil toneladas. Alta de 5,2%.

Notícias relacionadas