VW Up pode chegar ao Brasil em 2014

VW Up pode chegar ao Brasil em 2014

Volkswagen tem o ambicioso plano de conquistar o mundo até 2018. Não falamos aqui apenas da marca, mas do grupo, que inclui ainda Audi, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Porsche, Seat e Skoda. Mas vem da marca-mãe um dos principais trunfos para alcançar a liderança de mercado: é o subcompacto Up! (com exclamação mesmo, mas que grafaremos sem ela, a partir de agora, para não misturar com outros sinais gráficos). Apelidado de “a caixa”, ele foi apresentado recentemente durante o tradicional evento promovido pela fabricante na véspera da abertura do Salão de Frankfurt.

O Up vem sendo chamado por parte da mídia especializada de “novo Fusca”, em referência não ao “chique” Beetle atual, mas ao modelo que foi vendido em todo o mundo no século passado, tornou-se célebre a partir dos anos 1960 e, no Brasil, foi até ressuscitado em 1994.

O desejo da Volks é que em dez anos o Up seja tão acessível, conhecido e bem-vendido quanto a “baratinha” (ou “besourinho”) foi em outras épocas. Preço para isso ele terá, ao menos no exterior: a mais básica das cinco versões começará em € 8,5 mil, ou menos de R$ 20 mil.

Como já se sabe, o Up também interessa à Volkswagen do Brasil, que planeja usar o carrinho como modelo de acesso, abaixo do Gol. O Up europeu, porém, seria muito complexo para o nosso mercado – sem contar que jamais chegaria por este preço com o mesmo pacote.

Ulrich Hackenberg, membro do conselho diretor do Grupo Volks, afirmou em entrevista a UOL Carros que o Up “é um carro estratégico para a Volkswagen em todo o mundo, incluindo o mercado brasileiro, mas uma versão para o país teria de ter modificações, incluindo simplificações, mas também aumento da capacidade de bagagem, de forma a atender às exigências de mercado”. O executivo evitou cravar um prazo para nosso Up ganhar vida, preferindo dizer apenas que deve “demorar um pouco”.

De acordo com a Car and Driver, o Up justificaria a abertura de uma nova fábrica da Volks no Brasil, que poderia começar a operar em 2014.

Caixas

O marketing alemão bolou uma campanha de divulgação que envolve caixas coloridas para tratar dos principais aspectos da vida das pessoas – viagem (travel box), vida urbana (city box) e família (kids box). Todas inspiradas no formato do carrinho e disponíveis como lembrancinha.

O Up tem 3,54 metros de comprimento, 1,42 m de largura, 1,47 m de altura e 2,42 m de espaço entre-eixos. O porta-malas tem 251 litros de capacidade. Com apenas duas portas e frente em acordo com a atual identidade da Volks, o modelo se parece com um Fox que foi achatado. Ou seja, um carro retangular, quase quadrado. Na Europa, aliás, o Up é o responsável pela aposentadoria precoce do Fox importado do Brasil.

O carrinho será dotado de motor de 1 litro, três cilindros e três diferentes calibrações para oferecer de 60 a 75 cavalos de potência, com gerenciamento de câmbio manual de cinco marchas ou automatizado. No futuro, o compacto fabricado na Eslováquia (em Bratislava) terá ainda uma versão elétrica.

O Up estará disponível na Europa nas versões “take up!”, “move up!” e high up!”. Elas diferem em acabamento e conteúdo, que vão do mais (rodas aro 14 com calotas e painel liso) ao menos espartano (rodas de liga leve aro 16, suspensão rebaixada, um aparelho no painel que lembra um GPS e agrega navegador e funções de computador de bordo e até teto solar). No lançamento, há ainda as variações “white up!” e “black up!”, com tons diferenciados.

Com UOL

Notícias relacionadas