Xadrez é realidade na Rede Municipal de Educação

Xadrez é realidade na Rede Municipal de Educação

Foram colhidos bons resultados ao final de 2015, com o Curso de Capacitação do Xadrez, ministrado para professores da Rede Municipal de Educação de Araxá, após uma iniciativa do Vereador Fabiano Santos Cunha, que em julho de 2015, apresentou a indicação 499/2015, na Câmara Municipal de Araxá.

Fabiano, acompanhado de uma equipe técnica da Câmara Municipal e o Professor Adriano Pena, estiveram em junho de 2015 em Patrocínio (MG) onde se reuniram com o Secretário de Educação e funcionários da pasta, para conhecerem e discutirem a aplicação do Xadrez na rede municipal de ensino. A cidade vizinha é uma referencia estadual, tendo atingido excelentes pontuações no que tange os índices oficiais do Ideb, desde quando implantou o Xadrez em sala de aula.

O vereador, posteriormente, se reuniu com a Secretária de Educação, Gessy Glória Lemos e repassou todas as informações levantadas. A Secretária acolheu a reivindicação, convicta no grande benefício que proporciona a modalidade no processo de educação, uma vez que está diretamente ligado ao estímulo do raciocínio lógico, concentração, memorização, socialização e melhor desempenho em sala de aula.

Foi decidida a implantação do projeto por etapas, começando pela capacitação de alguns professores. Logo surgiram parceiros. O Cefet ofereceu o espaço físico, a CBMM o custeio para pagamento dos professores e o Professor Adriano Pena, araxaense e referencia nacional no Xadrez, com seu conhecimento técnico, prático e teórico.

Em agosto, Adriano deu início ao Curso de Extensão – Xadrez para Todos, com uma carga horária de 40 horas. Ao todo, 62 profissionais que trabalham com os alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental e do Programa AABB Comunidade receberam a capacitação. O Xadrez ainda foi implantado nas turmas do Tempo Integral das Escolas Padre Inácio, Professor Nelson, Escola de Aplicação Lélia Guimarães e da AABB.

Jogos de Xadrez foram adquiridos em busca de estimular a prática pedagógica em todas as unidades de ensino. Os kits são compostos por conjuntos de jogos para os alunos e mural didático para aplicação e demonstração da mobilidade das peças na técnica do jogo. Segundo o relatório, apresentado pela Secretaria Municipal de Educação, em 2016, a ideia é que todas as escolas de ensino fundamental da rede tenham as aulas de Xadrez em pleno funcionamento.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: