Super banner
Super banner

MG se mantém com menor taxa de mortalidade por 100 mil habitantes

MG se mantém com menor taxa de mortalidade por 100 mil habitantes

Em coletiva virtual nesta terça-feira (22), o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, apresentou um gráfico com o comparativo da mortalidade por 100 mil habitantes em todos os Estados brasileiros. De acordo com a análise, Minas está, hoje, com 31.8 óbitos para cada 100 mil habitantes, mantendo a menor taxa de mortalidade do país.

MG se mantém com menor taxa de mortalidade por 100 mil habitantes 1

“Obtivemos o primeiro lugar em 31 de julho. Desde então, o estado se mantém com a menor mortalidade proporcional do Brasil. Para nós, essa posição é resultado das ações desenvolvidas pelo Estado e pelas secretarias municipais de Saúde. Começamos o enfrentamento à Covid-19 com 2.072 leitos de UTI, hoje, já passamos de 3.900”, pontuou o secretário.

Ainda segundo o secretário, a ocupação máxima registrada foi de 2.766 leitos, abaixo da capacidade da rede. “Importante destacar também que não tivemos nenhum momento de desassistência no Estado”, reforçou.

Atualizações

Minas Gerais registra, até o momento, 6.764 óbitos por Covid-19. Carlos Eduardo Amaral explicou que os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde e a atualização feita pelos municípios estão alinhados. 

“Fizemos um ajuste quanto à consolidação dos dados, quando passamos a utilizar o Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (Sivep-Gripe). Diariamente fazemos o download dos dados inseridos na plataforma nacional e contamos com essa atualização feita pelos municípios”, afirmou.

Boletim epidemiológico 200

Nesta terça feira (22/9), o Governo de Minas publicou o 200º boletim epidemiológico da doença. Carlos Eduardo Amaral falou sobre o papel do informe no cenário de pandemia. “O boletim, atualizado e divulgado diariamente, disponibiliza à sociedade diversos dados epidemiológicos sobre a situação da Covid-19 no Estado, além de mostrar como estamos conduzindo a pandemia e qual é nossa visão sobre o assunto. A produção do documento conta com mais de 55 profissionais e faz parte do nosso compromisso com a máxima transparência na divulgação dos dados”.

Fonte: Agência Minas

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x