Super banner
Super banner

Polícia Militar prende suspeito de matar a ex-mulher

Polícia Militar prende suspeito de matar a ex-mulher

Fotos: Willian Tardelli

DA REDAÇÃO – Uma jovem foi esfaqueada e morta no fim da tarde desta terça-feira (9), no Centro de Araxá. De acordo com a Polícia Militar (PM), Franciela Cristina Albino, de 20 anos, estava em seu local de trabalho, uma loja na rua Capitão José Porfírio, antes de ser morta.

Segundo testemunhas, o ex-companheiro da vítima não concordava com o fim do relacionamento e acabou cometendo o crime. Ele esperou Franciela na porta do serviço e aplicou vários golpes de faca contra ela.  

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 17h50. Quando os militares chegaram ao local, se depararam com a jovem apresentando parada cardiorrespiratória e hemorragia. Todos os trabalhos para tentar salvar a vida da vítima foram feitos. Os bombeiros entraram em contato com o hospital e quando deixaram a jovem na Santa Casa já havia uma equipe aguardando para o atendimento. Porém, após 10 minutos da entrada de Franciela no hospital, foi declarado o óbito.

O autor Carlos Eduardo da Mota, que completou 24 anos no mesmo dia em que cometeu o crime, permaneceu ao lado do corpo da vítima segurando a faca após o fato e foi preso pela PM. De acordo com a ocorrência registrada, ele relatou aos militares que vendeu sua moto e comprou um revólver calibre 32 para matar a ex-mulher e logo depois iria suicidar-se, mas não conseguiu comprar munições. Com isso, resolveu comprar uma faca em um supermercado (nota fiscal foi apreendida) minutos antes de cometer o crime. O revólver foi encontrado em um hotel onde o autor estava hospedado, e apreendeu uma carta da vítima escrita para ele recentemente.

Ele disse ainda abordou a vítima na tentativa de reatar o relacionamento, e diante da negativa dela começou a golpeá-la com diversas facadas, sendo duas na região do pescoço, uma no tórax e outra no pulso da mão esquerda, segundo informou o médico plantonista do PAM.

Franciela deixa uma filha que teve com o autor de apenas 5 meses de idade. Este foi o nono homicídio em Araxá nos quatro primeiros meses de 2013. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Notícias relacionadas