Fundação Cultural Acia destina R$ 70 mil para entidades assistenciais

Fundação Cultural Acia destina R$ 70 mil para entidades assistenciais

Da Redação – A Fundação Cultural da Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agornegócios de Araxá (Acia) destinou R$ 70 mil para entidades assistenciais da cidade. A verba é referente ao o lucro da arrecadação de bilheteria do show de Victor & Leo, realizado durante o FestNatal 2010, única apresentação que não foi gratuita no evento. A maior parte do recurso, R$ 50 mil, foi destinada para o custeio de despesas do dos centros de atendimento à Mulher (CAM) e à Criança (CAC), mantidos pela Fundação de Assistência à Mulher Araxaense (Fama). O restante, R$ 20 mil, foi dividido entre a Associação de Assistência à Pessoa com Deficiência (Fada), Lar Ebenézer, Casa do Caminho, Recanto do Idoso São Vicente de Paulo, Casa Transitória e o Serviço de Obras Sociais.

A presidente da Fundação Cultural Acia, Valda Eurides Alves Sánchez, explica que como foi a divisão do recurso. “Nós tínhamos um compromisso com a TV Integração, patrocinadora do FestNatal 2010, que faríamos o repasse do lucro que teríamos com o show da dupla sertaneja Victor & Leo para que a Fama pudesse arcar com as despesas do CAC e do CAM. Em um entendimento com a fundação, eles abriram mão de parte dessa doação em prol de outras cinco entidades assistenciais da nossa cidade. Uma verba pequena que vai atender algumas demandas pontuais de cada uma delas, portanto, algumas vão receber um pouco mais que as outras.”

O presidente da Acia, Márcio Antonio Farid, diz que o objetivo é intensificar as ações socais no próximo FestNatal. “Não é só um evento que contribui com a economia e o turismo araxaense. A Acia tem sua responsabilidade no desenvolvimento de Araxá e também uma preocupação social muito grande. No último FestNatal nós já procuramos unir essas duas áreas e trabalhar em prol de toda a cidade através de conquistas de verbas federais para ser investido na economia local, e aproveitamos para atuarmos também no social, reservando uma parcela dessas receitas para ser aplicada nas instituições assistências da nossa cidade que são extremamente importantes”,afirma Farid.

“Nós pretendemos que o evento deste ano insira esse aspecto social de uma forma mais intensiva. O nosso planejamento é ter uma receita específica para ser aplicada no social”, ressalta o presidente.

De acordo com ele, a grande responsável pela doação é a comunidade araxaense. “Temos que agradecer a todas as pessoas que prestigiaram nosso evento, esse repasse é uma contribuição de cada pessoa que foi ao show, de cada empresa que patrocinou o evento e divulgou toda a nossa programação. Todos contribuíram em muito para que estivéssemos realizando essa doação as entidades assistências de nossa cidade”, acrescenta.

A superintendente da Fama, Lídia Jordão, diz que a doação será de grande importância para o CAC e o CAM. “Esse sucesso do FestNatal tem, acima de tudo, um capital humano e social extremamente importante, resgatando um momento onde a cidade tem que se tornar alegre, iluminada e até motivadora de bons acontecimentos. Através do FestNatal percebemos que houve a compatibilização de ações sociais de fundo turístico e cultural, além da preocupação com as nossas instituições que estão sendo representadas pela Fama, Fada, Lar Ebenézer, Casa do Caminho, Asilo São Vicente, Casa Transitória e o SOS. Um dinheiro que será muito bem-vindo.”

Lídia acrescenta que a verba vai possibilitar a continuidade de exames e atividades oferecidas no CAC e CAM. “Estávamos precisando de ajuda para custeio de despesas dos nossos dois centros de atendimentos, como exames preventivos de ultrassonografia, mamografia, controle de câncer de mama e colo do útero, além do nosso Banco de Leite Humano”, diz.

“Como tínhamos conhecimento de necessidades pontuais de instituições da cidade, especialmente neste início de anos quando as despesas dobram com o pagamento de décimo terceiro e outros gastos, decidimos colaborar com aquelas mais necessitadas e cedemos R$ 20 mil. Não é um valor muito alto, mas é uma doação que vai possibilitar que as entidades contempladas tenham pouco menos de dificuldade financeira neste início de ano, e conduzam suas ações de uma forma mais tranquila”, ressalta Lídia.

Notícias relacionadas