Araxá cria plataforma de ensino público a distância

Araxá cria plataforma de ensino público a distância

Durante a pandemia, a tecnologia tornou-se um valioso recurso didático para professores e alunos. Nessa perspectiva, a Prefeitura de Araxá prepara o lançamento da plataforma Araxá Educa. Um ambiente virtual de aprendizagem que visa oferecer à comunidade escolar condições de desenvolver as atividades pedagógicas de modo remoto. O principal objetivo da ferramenta é conectar professores, alunos e pais ao conteúdo educacional, de forma a elevar a qualidade de ensino ofertado. 

Os professores, diretores e toda equipe pedagógica das escolas municipais já começaram a receber o treinamento para a utilização da ferramenta. Por meio dela, os alunos terão acesso às postagens de aulas e atividades em vídeo, áudio e texto, além da interação entre professor e turma. Jogos pedagógicos, bibliotecas de obras literárias e acesso aos diversos aplicativos pedagógicos, são outros diferenciais do Araxá Educa. 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, a plataforma é um meio tecnológico para aprimorar o processo de ensino e aprendizagem nos modelos da educação contemporânea. “O Araxá Educa cumprirá o papel de democratizar o acesso ao ensino, auxiliando o professor na mediação educacional e os alunos no desenvolvimento de habilidades importantes para o currículo escolar”, destaca. 

Mesmo após o lançamento da plataforma, as aulas permanecerão por meio do modelo híbrido. Os alunos que optarem por retornarem às salas de aulas terão a oportunidade de estudar com seu professor presencialmente. Já aqueles que as famílias entenderem que ainda não devem retornar às atividades presenciais, terão todo o acesso ao conteúdo e as aulas por meio do Araxá Educa. 

“Já estamos fazendo toda a preparação do material necessário e acertando os últimos detalhes. A expectativa é que o lançamento da plataforma aconteça até o final deste mês de setembro”, explica Zulma.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x