Araxá retoma cirurgias eletivas e interditará bares que descumprirem protocolos

Araxá retoma cirurgias eletivas e interditará bares que descumprirem protocolos

O prefeito Robson Magela atendeu à solicitação do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19 de Araxá para retomada das cirurgias eletivas e maior punição aos bares e restaurantes que descumprirem o protocolo sanitário que impõe medidas de distanciamento no comércio local. Essas e outras medidas deliberadas passam a valer a partir desta quarta-feira (12). 

O município permitirá que procedimentos cirúrgicos marcados com antecedência, não urgentes e que não dependam de sedativos utilizados no kit intubação em UTIs possam ser realizados desde que os hospitais públicos e privados mantenham leitos e cuidados hospitalares para as emergências impostas pelo novo coronavírus.

A Administração Municipal também tornará mais rígida a fiscalização de bares e restaurantes, com interdição pelo prazo de 15 dias daqueles estabelecimentos que descumprirem as determinações impostas pelo município.

As novas medidas foram definidas em reunião realizada nesta terça-feira (11) e contou com a presença de profissionais da saúde que orientam o município nas tomadas de decisão técnicas relacionadas ao enfrentamento da doença e do Ministério Público Estadual.

De acordo com a secretária de Saúde, Lorena Pinho, o retorno das cirurgias eletivas já estava planejado. “Não é só à Covid-19 que estamos sujeitos, têm várias doenças que podem levar as pessoas a óbito. E estamos preocupados com essas doenças e suas consequências. Outro fator preocupante é a aglomeração em bares. Já fizemos vários alertas, temos fiscalizado e orientado todos proprietários desses estabelecimentos. Mas, não está sendo suficiente. A partir de agora, vamos interditar e multar, caso seja necessário”, ressalta a secretária.

Supermercados e academias

O comitê também deliberou pela ampliação do horário de funcionamento de supermercados e academias, que poderão ficar abertos até às 21h.

Terceiro Setor

Também ficou definido que as entidades do terceiro setor poderão retomar as suas atividades a partir do dia 1º de junho.

Retorno às aulas

Após mais de 1 ano de escolas fechadas por causa da pandemia da Covid-19, Araxá iniciará a retomada gradual das aulas por meio do modelo híbrido (presencial e remoto) e facultativo. As salas devem receber obrigatoriamente a metade da capacidade de alunos e a outra parte dos estudantes segue em casa acompanhando as aulas de forma digital. A cada semana o grupo é alternado. As aulas das escolas particulares voltarão dia 1° de junho, já as das escolas municipais, 1° de julho.

A Secretaria Municipal de Educação vai definir as etapas para a volta gradual dos alunos de toda a rede municipal de ensino (público e privado). Todas as instituições de ensino deverão seguir os protocolos sanitários para garantir a segurança de estudantes, professores e colaboradores. O avanço em cada estágio vai depender dos indicadores da pandemia.

Segundo a secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, uma portaria com a definição das etapas será publicada nos próximos dias. “Já temos protocolos bem definidos e que vão oferecer segurança à toda comunidade escolar para esse retorno gradual”, afirma.

“De qualquer forma, será de responsabilidade e decisão dos pais ou responsável se o aluno permanecerá somente com o ensino à distância ou participará do modelo híbrido. Essa decisão poderá ser feita em qualquer momento, sendo de decisão exclusiva dos pais”, explica Zulma.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x