CVT de Araxá participa de seminário da Sectes, em Belo Horizonte

CVT de Araxá participa de seminário da Sectes, em Belo Horizonte

CVT de Araxá participa de seminário da Sectes, em Belo Horizonte 1

Da Redação – A convite da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), o Centro Vocacional Tecnológico de Araxá marcou presença no Seminário dos CVT’s 2011, realizado de 10 a 13 de abril, em Belo Horizonte, representado pela coordenadora Juliana Ribeiro Chaer.

O Seminário da Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercado reuniu os coordenadores dos 84 CVT’s e a equipe da Sectes. Durante o encontro foram traçadas as diretrizes da Rede de Formação para 2011 e ainda apresentada a nova estrutura e proposta da Superintendência de Inovação Social, de acordo com premissa da gestão do secretário Narcio Rodrigues de ampliar as ações de inovação social como instrumentos de formação da cidadania.

O secretário lembrou um feito inédito para Minas Gerais: o Estado contabilizou, no último ano, o número recorde de 145 mil usuários cadastrados no sistema de gestão de cursos profissionalizantes pela internet, tornando-se o primeiro colocado entre instituições nacionais.

O ranking é estabelecido pelo próprio sistema, chamado Moodle, que acompanha este tipo de aprendizagem a distância em 211 países. Com este feito, Minas Gerais também conquista o oitavo lugar em todo o mundo.

O secretário enfatizou que o projeto, agora, vivencia uma nova fase, de reestruturação e expansão. A proposta é ampliar e modernizar a rede, fazendo com que tenha uma dinâmica ainda maior dentro das comunidades, alcançando um número ainda maior de municípios.

 Primeiramente, os CVT’s vão trabalhar para reestruturar a rede existente, introduzindo novos conteúdos, conceitos e equipamentos, para em um segundo momento expandi-la.

O objetivo é chegar em 2014 com pelo menos 200 CVT’s em funcionamento no estado. De acordo com o presidente do Centro Vocacional Tecnológico Júlio Dário, Leandro Haddad, os números do CVT de Araxá estão entre os primeiros do Estado quando leva-se em consideração a população local, e que as metas para 2011 são bastante ousadas, buscando preparar os jovens para a empregabilidade.

Notícias relacionadas