Super banner
Super banner

Ministério da Cultura e CBMM apresentam o projeto Araxá Dance Company – Dança Comunidade

Ministério da Cultura e CBMM apresentam o projeto Araxá Dance Company – Dança Comunidade

Araxá Dance Company – Dança Comunidade

Muitos já conhecem Wanêssa Borges, pioneira na implantação de dança inclusiva na nossa cidade e idealizadora do grupo Araxá Dance Company, companhia de dança que conta com cerca de 20 bailarinos, dentre eles, uma turma de cadeirantes, grupo que representa o estado de Minas Gerais pela Confederação Brasileira de Dança em Cadeiras de Rodas. Em primeiro instante a companhia já se preocupava com a inclusão social, o que culminou na criação de um grande projeto, que conta com o apoio da CBMM, através da lei de incentivo à cultura, e o apoio da Prefeitura Municipal, o Araxá Dance Company – Dança Comunidade. O projeto consiste em estabelecer pontos de cultura, tornando-os lugares para sociabilidade, convívio e lazer saudável. A intenção é abranger 300 pessoas, entre crianças, adolescentes, idosos e deficientes físicos, proporcionando oficinas de danças, música, palestras, acompanhamento pedagógico, psicológico, além da formação de bailarinos.

Para os cadeirantes que compõem o corpo de baile da Companhia é muito gratificante a experiência como instrutores de dança. “Eles (alunos) aprendem que não existe diferença nem barreira. Que um cadeirante pode ensinar a dançar. Muitos pensam que possuem grandes dificuldades, mas quando encontram um instrutor com deficiência física, acham as coisas mais fáceis”, diz um deles. De acordo com Lourdes de Paula Cruz, diretora da Escola Municipal de Aplicação Lélia Guimarães – anexo CSU, é de grande importância esta parceria para a formação humana, artística e cidadã dos alunos.

INÍCIO DAS ATIVIDADES

O projeto Araxá Dance Company – Dança Comunidade já é realidade nos espaços: Escola Municipal de Aplicação Lélia Guimarães, Creche Vovó Sérgia, Casa Lar, Associação dos Aposentados, Recanto do Idoso – Asilo São Vicente, Fada e Casa do Caminho. O próprio corpo de baile do grupo são os instrutores, responsáveis por passar adiante todo conhecimento adquirido dentro e fora dos palcos. Os interessados em participar das iniciativas podem procurar nestes pontos os horários disponíveis, pois o projeto como o próprio nome já sugere, é voltado para toda a comunidade, assim sendo, todos são muito bem vindos! Informe-se e faça parte deste movimento em prol da cultura e lazer.

Notícias relacionadas