Super banner
Super banner

Obra na Senador Montandon começa depois da ExpoAraxá, diz Jeová

Obra na Senador Montandon começa depois da ExpoAraxá, diz Jeová

Avenida Senador Montandon / Foto: Raphael Rios

Da Redação/Raphael Rios – No dia 23 de abril será iniciada a obra de revitalização da avenida Senador Montandon. É o que afirma o prefeito Jeová Moreira da Costa. Segundo ele, a data foi escolhida justamente para coincindir com o fim da 38ª ExpoAraxá, que traz grande movimento na cidade. As obras terão um investimento de cerca de R$ 2,5 milhões, provenientes de uma parceria com o governo de Minas Gerais. Quanto às palmeiras, que surgiram como o primeiro problema da obra, a prefeitura já entrou em acordo com o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Codema).

“A obra será iniciada após o término da 38ª Exposição, porque este evento movimenta toda a cidade. Nós vamos iniciar a obra dentro de um planejamento de 2009 com a ajuda do governador Antônio Augusto Anastasia, que deu esse presente para Araxá”, diz Jeová.

Ainda segundo ele, a conclusão da obra está prevista para os próximos cinco meses.

Palmeiras

A retirada das palmeiras responsáveis por estragos no asfalto surgiu como primeiro problema antes do início da revitalização, mas, segundo o prefeito, esta questão já está solucionada.

“O Codema teve uma determinação muito inteligente. Os cidadãos que queiram replantar as palmeiras podem nos procurar até o dia 15 (de abril), mas a partir do momento em que não for preenchida toda essa espontaneidade dos cidadãos, nós vamos fazer o sacrifício das mais velhas e vamos plantar cinco árvores para cada palmeira retirada”, diz.

Ainda segundo o prefeito, 20 pessoas já se interessaram nas palmeiras e buscam a melhor forma, junto com a empresa responsável, para a retirada e a transposição.

Investimento

Jeová destaca que a obra terá um investimento de R$ 2,5 milhões e vai abranger as calçadas das adjacências. “O que nós queremos é criar um Centro que seja um cartão de visita e um motivo de orgulho a todos nós araxaenses”, destaca.

Condicionantes do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente 

1 – Disponibilizar as palmeiras para a comunidade até o dia 15 de abril.

2 – Promover a retirada das palmeiras do local.

3 – Realizar a compensação ambiental, de modo que para cada palmeira retirada serão replantadas outras cinco árvores, sendo no mínimo uma palmeira.

– Local de plantio: Centro Administrativo e outros a serem definidos pela prefeitura.

– Espécimes: pelo menos uma palmeira e outras quatro árvores nativas do cerrado a serem definidas pelo Codema.

4 – As palmeiras transplantadas dispensarão a compensação ambiental.

5 – Serão plantadas, no mínimo, 34 espécimes arbóreas na avenida Senador Montandon.

Notícias relacionadas