Super banner
Super banner

Ponto de ônibus próximo ao Banco do Brasil vai ser desativado na quinta

Ponto de ônibus próximo ao Banco do Brasil vai ser desativado na quinta

Ponto de ônibus que será desativa pela Asttran - Foto: Jorge Mourão

Da Redação/Raphael Rios – A partir da próxima quinta-feira (28), quem é acostumado utilizar o ponto de ônibus da avenida Antônio Carlos para embarque e desembarque sentido Igreja Matriz terá que optar por outro local. No início de junho, a Câmara Municipal aprovou uma lei que determina a proibição de pontos de ônibus na entrada de agências bancárias e casas lotéricas.

Em cumprimento à lei, a Assessoria Municipal de Trânsito e Transportes (Asttran) vai extinguir o ponto de ônibus que fica entre as ruas Capitão José Porfírio e Rua Cassiano Lemos, justamente porque em frente ao local há uma casa lotérica e logo acima fica o Banco do Brasil.

Segundo a Asttran, para fazer embarque e desembarque, os usuários devem os pontos mais próximos. As melhores opções são na avenida Vereador João Sena, em frente à Farmácia Municipal; na Praça Coronel Adolpho, em frente ao Museu Histórico Dona Beja; e na própria avenida Antônio Carlos, entre as ruas Dom José Gaspar e Presidente Olegário Maciel, ao lado do Banco Itaú.

Ponto de ônibus próximo ao Museu Histórico Dona Beja (fundo) - Foto: Jorge Mourão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lei

A lei é de autoria do vereador José Maria Lemos Júnior (Juninho/DEM), que objetiva dar maior segurança aos usuários do transporte público coletivo da cidade.

“O risco de assaltos próximo a locais com transações de dinheiro é maior ainda, mais quando somados ao movimento contínuo de embarque e desembarque nos pontos de ônibus”, destacou Juninho no ato da aprovação na Câmara.

Notícias relacionadas